terça-feira, 8 de junho de 2010

Dicas de viagem: Zôo Safari

Em nosso último final de semana em Sampa (cidade que sou assumidamente apaixonada, veja mais aqui e aqui), resolvemos que só andar pelo Zoológico Municipal ia ser pouco e encaramos o Zôo Safari.
Até onde eu sei, antigo Simba Safari, lugar onde implorávamos pra ir sentir o medo e viver as aventuras de ver os bichos alí, soltinhos.
Ok.
Ficar enlatado em uma van, com mais uma dezena de pessoas e disputar pra ver algo na janelinha já não é lá muito próximo a minha imaginação infantil. Além disso, enfrentar um congestionamento digno de hora do rush, já que carros de passeio e vans duelam por um espaço dentro do circuito-passeio, está bem longe do meu ideal de "domingo no parque". Mas a gente aguenta. Tudo pelo filhote.
Acontece que os bichos não estão tão soltos assim.
Na maior arte do percurso a van passa entre jaulas. Maiores, mais pertinho, mas jaulas.
Soltos mesmo alguns emus (parece um avestruz, desculpem a ignorância), cervos, pavões, camelos, lhamas e macacos.
Aliás, fica aqui o meu protesto. A gente fica mega ansioso pra chegar nos primatas, que prometem ser a parte engraçada do passeio, e o motorista da "lotação" passa a milhão por hora no recinto dos macacos. Não dá nem pra sentir o cheiro, muito menos ver a cor ou alguma gracinha.
Não gostei.
Tá, mais ou menos vai...
A parte boa é que ouvir seu filho, agora todos os dias, falando que a mamãe deu papá na boca do bambi e do emu não tem preço.
Calminha, meninas, não violei regra ambiental alguma. Por 3 reais você compra uma caixinha personalizada com ração própria e fica liberada pra alimentar e se babar toda nos recintos onde há plaquinha liberando a alimentação dos animais.
Programa meio desastroso, mas bacaninha...
A foto ficou por conta do maridex.
Essa mãozinha aí sou eu, alimentando os bambis... kkk


Beijocas a todos!!!

Mama internetando:

9 comentários:

Ana - Viajar é tudibom! disse...

Oi Carol!
Qdo lí Zoo SAFARI, fui com tudooooo
Como vc msma disse, não foi lá um 10, mas por mim passou na média! rs

BJINHOS E uma ótima terça

Carol Garcia disse...

ai ana...
o engraçado é que se o pequeno pedir, encaro numa boa tudo de novo...
kkkkk
bjocas

Ana - Viajar é tudibom! disse...

hehe..tenho certeza que voltaria sim!
Carol tem + um Selinho pra coleção!
Passa lá no Blog
Bjos

Mamma Mini disse...

Zoo Safari vale pelos filhos... bem como o zoológico... acho meio tite ver os bichos "cansados" mas para as crianças é o máximo e o que fica é esse discurso mesmo, a memória, a lembrança de um momento inesquecível com eles... quando eles forem adultos vão falar igual a gente fala do antigo simba! um beijoooooooooooo

Fala Mãe! disse...

Oi Carol! obrigada pela visita no blog! Eu nunca fui ao Zoo safari, mas ouvi dizer tá muito bom, fui no zoológico e não deu tempo de ir no safari, quero ir numa próxima visita a SP. Criançada se diverte muito né? beijos querida
Cynthia

mamãe polvo disse...

Ah, vale pela alegria deles né?
Lulu nunca foi ao zôo, quero levá-la esse mês, deve se amarrar!
Beijão!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Oiii..ah,por um filho a gente encara tuuuudo..rsrs..achei essa ideia da ração para alimentar eles um barato..lá no zoo de B.A tinha isso tb..eu doida para comprar,pq Enzo queria..mas mardon não quis comprar (sovinaa...afff)o balde de ração... sim,pq era qusase um galão de ração..kkkkkkk..
bjsss,otima semana!!! ;-)

Pati disse...

Oi Carol! Vc está bombando na blogsfera!! Que máximo! Estou aqui na correria do bebe de 3 meses mas hj aproveitei a soneca dele para atualizar minhas leituras! Como vc escreve gostoso (já falei isto antes mas nao me canso!!)!
Que saudade de Sampa que me deu lendo seu post!
bjs

Menina Super Poderosa disse...

Olá!
Entrei no seu blog por acaso...
Moro em Sampa. Ainda não conheço o Zoo Safári, mas conheci o Simba Safári. E todos os bichos eram soltos DE VERDADE, nada de jaula. Parece que a manutenção do Simba, também conhecido como Parque dos Leões estava muito cara e para não falei, inventaram um meio alternativo.
Quando eu fui no Simba, com meus pais, fomos no nosso próprio carro.
A parte dos macacos foi bacana. Eles colocavam grades nos vidros do carro para que eles não rasgassem o revestimento do teto. Cada área pela qual você passava era uma orientação e um tipo de proteção.
Pena você ter conhecido somente com eles presos... mas já é um passeio meio diferente, né?
Beijos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails