quinta-feira, 29 de maio de 2014

Dica de Viagem: Calhetas (e o caminho até lá)

Calhetas também já havia nos conquistado.
Ótimo.
Cao de Santo Agostinho já estava no roteiro desde sempre.
Tudo mudou sim.
Muito.
Tem mais gente, mais mesa, mais cadeira, menos espaço, mas ainda é linda.

Mas desta vez, tivemos uma sorte enorme com o motorista que contratamos para os passeios.
Mesquita é daquelas figuras que a gente tem vontade de trazer na mala, sabe?
Uma simpatia ímpar.
Tão atencioso com as crianças que elas se apaixonaram.
Só pra vocês terem uma ideia, no primeiro contato descobriu que eles amavam Toy Story e usou frases e chavões do filme durante todos os passeios.

Bom,
voltando (ou indo) para Calhetas, várias surpresas vindas com Mesquita.

Uma delas, o "famoso" banho de argila.
Há quem diga dos benefícios medicinais e terapêuticos da prática.
Pra gente mesmo, foi o alto astral e as gargalhadas.
(e os vários sabonetinhos que trouxemos de presente)

Banho de Argila, recomendamos.

Durante o trajeto, Mesquita fez questão de parar em algumas praias.
Pena, pena, pena eu não lembrar o nome delas...
Todas lindas
Aqui, várias praias da região.


O mirante.
Dele vimos Calhetas e o Porto de Suape.
E Mesquita conquistou Isaac de vez, falando sobre a Separação Continental.
Tempos depois, e filhote ainda fala que "aquela ponta alí encaixa na África".



E Calhetas.
A maré estava alta e o mar bem agitado, mas curtimos mesmo assim.
Passamos o dia entre as delícias do Bar do Artur.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Dica de Viagem: Praia de Carneiros

Continuando...
Pernambuco.
Ipojuca.
Porto de Galinhas.
Muro Alto.
Resort...
E aquela vontade imensa de sair desbravando.
Ou reencontrando lugares que amamos.

Lá na Lua de Mel, eu e Zé visitamos a Praia de Carneiros.
Na época, ela estava em todas as revistas de turismo entre as mais belas do mundo.
Era deserta, sem estrutura.
Praticamente uma aventura.
Era difícil de chegar, mas passar algumas horas alí era estar no paraíso.

Pois bem,
desta vez, com Isaac, lógico que fomos.
Mas encontramos um acesso bem mais fácil, motorista sem tração nas quatro rodas e um baita restaurante com ducha, banheiro e tudo o que tínhamos direito.
Sim, sim, bem mais gente usufruindo do lugar, mas deu pra aproveitar bastante.

Carneiros continua linda.
E nós, continuamos apaixonados por ela.

compramos camarões para alimentar os peixinhos e Isaac amou

ai ai carneiros... ai ai...

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Dica de Viagem: Porto de Galinhas, o Summerville

Prometi né?
Então cumpro.

Quando ficamos sabendo do tamanho da empreitada, uma viagem repleta de crianças, de várias idades, ficar hospedados em resort era prioridade.
E foi ótimo.

O Summerville é lindo, tem uma mega estrutura, limpeza, restaurante delícia, espaço pros pequenininhos e uma infinidade de atividades pra todas as idades.

Enfim, tudo o que se espera de um resort, bem qualificado e altamente recomendado pra quem viaja em família.



Isaac amou correr pelo espaço.
Apesar do menu kids bem diversificado e saudável no espaço destinado às crianças, filhote quis fazer todas as refeições conosco no restaurante principal e, sem problemas, se alimentou muito bem.
Alíás, utilizamos muito pouco a parte tão "recomendada" para os pequenos.
Explico.
De tooooda a atividade proposta, poucas chamaram a atenção do Isaac, e quando chamavam, eram tão lotadas que as próprias monitoras diziam que seria perigoso que ele ficasse lá sozinho para brincar.
Exemplo: Aguardamos um dia inteiro para que ele participasse de uma "Caça ao tesouro" e quando chegamos no local combinado, fomos comunicados de que 60 crianças estavam inscritas e que "olha moça, eu não sei se os monitores vão dar conta de todas essas crianças".
Acredito sim que deram, mas eu não quis arriscar.
Levamos Isaac para assistir a uma apresentação musical que acontecia na área comum do resort e prometemos uma outra atividade no dia seguinte.
Pesca de siri.
E ele amou.


Outra questão, como disse no outro post, é a praia em frente ao resort.
Linda.


Mas....


Complicada.
Muito coral e muito ouriço.
Estamos em Muro Alto, né?
Sabíamos disso e não reclamamos não.
É só um aviso.

Obs: Recomendamos o Summerville. Muito.
Vale a pena sim.
Tem estrutura pra criançada sim.
Mas não posso dizer que ficamos 100% felizes com o resort.

1) esse lance de não curtir muito o tudo que oferecem pros pequenos.
2) durante o final de semana, o hotel fica bem cheio. Lotado de pessoas da região.
Não há problema nisso, mas na época em que estivemos lá, o restaurante não comportou a quantidade de hóspedes. Faltava talheres, o café da manhã era um caos, não havia mesa nem cadeiras para todos se acomodarem.

Estou aqui pra falar de nossa experiência, certo?
Então espero de coração que após essas temporadas, esses problemas sejam passado.

...

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Dica de Viagem: Porto de Galinhas

Estou devendo esse post faz tempo.
Muito mais tempo do que eu queria, mas.....
Ando um pouco longe daqui.
Me entendam...
Essa seca há de passar.

Bom,
Fomos passar as férias de 2012 em Porto de Galinhas, até aqui então, espero com todas as minhas forças que:

a) as boas experiências tenham ficado muito melhores;
b) que o lugar continue maravilhoso;
c) que o sol de pernambuco e o seu mar ainda sejam os mais lindos que já vi e
d) de coração, que os perrengues tenham sido resolvidos assim que de lá parti.

É engraçado escrever depois de tanto tempo, mas é uma delícia reviver viagem tão bacana.
Então bora lá.

Foi minha segunda ida a Porto de Galinhas.
Passei a Lua de Mel.
E depois voltei com Isaac.
Logo, viagens completamente diferentes.

Da pousada que ficamos na primeira vez (Tabapitanga, que super recomendo pela localização, pelo charme, pela brisa que vinha do mar), não passamos nem perto com criança.
Quando pensamos no destino a palavra RESORT brilhava em neon.

Pra explicar melhor, fomos num grupo enorme, famílias queridas, noves fora, 17 crianças.
Isso. Dezessete.

Então, RESORTÃO cheio de tudo pra elas, era assim, exigência master.

Escolhemos o Summerville Beach Resort.
Na época, o melhor do melhor do melhor em atender os pequenos turistas.
Realmente, o lugar é lindo, cheeeeeio de estruturas, atividades, e todos os etecéteras que se podia esperar de um resort.

Mas reservo um post só pra ele, prometo.

Mas de Porto, aaaaa Porto, a vila que eu amo, as paisagens, os peixinhos, as esculturas galináceas (que mesmo eu morrendo de medo das bichas, não consigo não amar)...
Sou uma apaixonada.




A praia do resort é assim, um convite a você ficar na piscina.
Em frente, há muito coral e muito ouriço e muita pedra, então... levar os pequenos pra mergulhar alí, esqueça.
O que se pode fazer é dar uma caminhada rápida e aproveitar o espaço ocupado pelos hóspedes do resort vizinho (o Nanai, que estava começando a receber crianças, não sei como funciona agora).
Pro Isaac tudo era diversão, tudo era areia sendo jogada pra cima e água fresca lhe salgando as nádegas, logo, diversão garantida.

até hein?!?!?






quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

O meu cabelo dourado

Não é a toa.
Isaac ouve sobre seus cabelos desde que nasceu.
Primeiro porque eram ruivos, enormes e espetados.
Depois viraram um loiro iluminado, fios finos, que voavam na mais leve brisa.
Até que engrossaram como os do papai.
Mas mesmo grossa, clara cabeleira alí naquela cabecinha pensante descansava.
Só que a natureza é dessas, né?
Ama uma transformação.

Acontece que Isaac adora ter cabelos dourados, como ele mesmo fala desde sempre.
(ou desde a Rapunzel e o Zé Bezerra)
Ouve sempre dos outros sobre o tom do seu cabelo.
Se orgulha.
Olha no espelho.
Até que...

Ele resolveu que não quer cortar o cabelo nunca mais.
E qual o motivo????

- Da última vez o barbeiro deixou meu cabelo mais escuro.

Como assim?

- Ele cortou e ficou menos dourado, ué!

Escuta a mãe do menino cabeludo.

Sim sim.
Eu tento explicar.
Falo que é assim mesmo, que o cabelo vai mudar de cor muito ainda, que ele não precisa se preocupar pois continua lindo e iluminado.
Fácil?
Nada.
Prefere continuar com as costeletas enfiadas nas orelhas do que perder o brilho.

Eu entendo.
Espero.
Oportunidade, lição, e a irritação que o suor ainda vai causar no meu filhote.

Enquanto isso fui dizer a ele que meus cabelos também eram bem claros, mas eles escureceram com o tempo.
O que ouvi?

- Mas os seus cabelos são loucos, cada dia eles estão de um jeito.

Obs: Não, ainda não há tinta capilar nesta que vos tecla, maaaaas a tesoura, essa sim é um vício.

...



LinkWithin

Related Posts with Thumbnails