terça-feira, 4 de maio de 2010

Ai ai ai! Onde???

Quando Isaac era bebezinho e chorava por estar incomodado com algo eu repetia sempre pra ele:

- Calma filho prometo que quando você começar a falar tudo vai ficar mais fácil.

Pois bem, nesses dias de dodói, agora escuto ai ai ai direto.
E pergunto: Ai ai ai aonde, filho?
E escuto: na mão (enquanto ele mostra o pé)
Olho (colocando a mão no ouvido)
A boca (dedinho apontando a barriga).
Já comecei a providenciar brincadeiras, desenhos e brinquedos que mostrem e ensinem o que é cada parte do nosso corpo, senão fico louca! Kkkk...
É a vida...



 
Mamãe desabafando, agora tá?!
Estou com o sono atrasado.
Passei boa parte da manhã numa coletiva mega animada (Uhuuuu!!!) na Delegacia da Receita Federal.
Tenho uma pilha de entrevistas para ouvir, editar e fechar uma matéria básica sobre os balanços da arrecadação tributária, das declarações do Imposto de Renda que foram entregues e das que já caíram na Malha Fina aqui na região de Bauru.
O quadro de "quase-infecção" do Isaac passou pra "sim é infecção" ontem e uma garganta doída é tudo pra deixar uma mama cheia de preocupação e de vontades.
Queria estar com o meu pequeno agora.
Queria estar deitada no sofá com ele, lendo "Os 3 porquinhos", cantando algumas cantigas e tomando um suco bem gostoso feitinho na hora.
Queria estar mais animada.
Queria continuar fazendo o meu trabalho sem me irritar com o barulho do fax.
(Ressalto que AMO o que faço, e faço com gosto, hein?!)
Queria ser duas, afinal.
Uma lá outra cá.

5 comentários:

Ceila Santos disse...

Oi Carol, a Malu aos 5 anos confessou que usava a dor como moeda de troca pra gente passar mais tempo ao lado dela e cuidar dela como bebê...Eles são super espertos!!!

hummmmmmmmm, a vontade de ser duas também ronda minha cabeça ás vezes, mas será que seria tão legal como agora?

Bem, vim aqui pra lhe fazer um convite. no dia 7 de maio vou convidar 4 blogueiras para discutirmos sobre tema publicidade infantil e gostaria de convidá-la para essa conversa. A ideia é vc escrever um post no seu blog sobre o seguinte tema: Como orientar minha filha diante da publicidade na TV? Dizer que aquilo é mentirinha ou discursar sobre a propaganda é algo que minha filha entende? O convite oficial será feito na sexta-feira e se vc topar pode escrever no seu tempo. só manda depois pra gente o link do post, ok? e aí topa?

Camila disse...

Hahahaha, que fofo! Hoje levei os meninos para tomar a 2a. dose da vacina da gripe A, o Joaquim entrou no carro com uma história de "ai, ai, ai" e eu perguntei onde tava o dodói e ele falou: "perninha". Fica mais fácil qdo falam, mas daí, faço o que? Eu sei que a vacina dói mesmo e só posso querer matar a enfermeira que enfiou aquela agulha horrorosa na coxa gostosa do meu filho!!!
Ai, sono e cansaço acumulado não são fáceis pra ninguém, tô "curtindo" essa fase tbem. Boa sorte por aí, melhoras pro Isaac e vamos tentar descansar!!
Bjos,
Camila

Carol Garcia disse...

Ceiloca!!!
Aos 5 confessando uma coisa dessas??? Meu Deus!
Kkkk... Fico apavorada com a maturidade dessas crianças.
Considere o convite aceito! Tô dentro e muito feliz e honrada! Obrigada.

Camila, querida...
essa mamãe aqui tem vontade de pular no pescoço de meio mundo ao ver o biquinho de dor do pequeno (aliás, coisa que ele faz com maestria).
O sono? Fazer o quê? Vamos tentando.
Bjocas!!!

RENATA RZ - Dicas Green disse...

Oi Carol

Prazer em conhecê-la. Adorei seu blog.
Eu também sou mãe, e de dois, lendo este post me identifiquei muito pois passei por momentos confusos como este, de estar trabalhando e os pequenos em casa, com outra pessoa, ou na escola.
No final eu acabei decidindo ficar em casa por um tempo. Mas só um tempo! Não vou aguentar muito não.. hehehehe

bjs green

Carol Garcia disse...

Oi Renata.
também pensei muito em ficar em casa, ser mãe tempo integral, mas mudei de idéia durante a licença maternidade.
Vida confusa essa, né?
Vivendo e aprendendo.
Bjoca

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails