terça-feira, 11 de outubro de 2011

A faca de dois (ou três) gumes

E então que eu estava me achando a senhora vitoriosa com a questão dos medinhos noturnos do Isaac.
Toda feliz com o poder de exorcizar a bendita fase do "aqui tem monstro".

Explico pra quem não sabe:
Filhote estava vendo monstrinhos em toda parte mais escura da casa OU em lugares que ele não queria estar, como o banheiro, a cozinha e etecéteras.
Acordava a noite e logo solicitava a minha presença dizendo que a criatura imaginária estava alí.
Belo dia, eu cansada que só, resolvi dar um basta na monstraiada e pirei.
Conversei com o monstro, dei bronca, falei das horas, mandei ir pra casa, escovar os dentes e pedir desculpas para a mãe dele que devia estar bem preocupada.
Fim.

Monstros ou criaturinhas do tipo deram um tempo e estamos bem, obrigada.
Mas daí a vida é uma graça.
Com a falta dos medos monstrísticos o que temos?
Um menino todo valente que agora anda no escuro.
Sai todo faceiro com paninho e Jubartina (baleia jubarte de pelúcia, amiga de todas as horas) do seu quarto e só para a hora que chega no meu lado da minha cama no meu quarto.
Não há monstro que o faça pensar em ficar lá, no conforto de seu abajur de trenzinho.
Não há mais criatura assustadora que exista nessas horas.
Va lá, não reclamo.
Levanto pacientemente e o levo de volta.
Mas hoje não.
Não deu.
Eu tinha dormido apenas duas horinhas, quando às 5h ele me acorda com carinho no rosto.
O despertador ia tocar dali 15 minutos mesmo...
Apertei Isaac bem forte, com seu eu mesma tivesse avistado o monstro, e curti alí o restinho de noite que me sobrava.

11 comentários:

Ana Carolina Amado disse...

Aqui mando os monstros para casa,dou bronca, mando eles ficarem com a mãe, procurar alguma coisa para comer lá na cozinha e por aí vai.
Agora que o pequeno aprendeu que pode sair da cama sozinho quando acorda de madrugada já vem com o travesseiro dormir na nossa cama. Tem dias e dias, há os dias que deixo ele ficar por aqui mesmo...
Beijos,
Ana Carolina
@anacarolinaqui

Karin :: Mamãe e Cia disse...

Uhmmm... que gostoso!!!

são esses momentos que são eternos!

beijos

Karin
www.mamaeecia.com.br

Mariana - viciados em colo disse...

já varri vários monstros para fora de casa e um belo dia, lá estava alice de vassourinha rosa em punho mandando os monstros pra fora com a mesma mandiga que usei. muito engraçado!
até hoje, todos os dias, alice vai pra minha cama de manhãzinha, assim como eu fazia com meus pais nos finais de semana... não reclamo, aliás adoro! afinal nós somos todos viciados em colo!
beijoca

mari
viciadosemcolo.blogspot.com

Camila S2 disse...

Oii andei meio sumida, mas estou de volta!!
Passa lá no meu blog pra saber a "infelicidade" que aconteceu comigo....kkk
Bjks

www.cadecamila.blogspot.com

Nine disse...

Guria, desde que passei a Ísis para a caminha fico espetando o dia em que ela vai levantar da cama e vir até o meu quarto no meio da noite...ainda não aconteceu, ela acorda, me chama e fica lá sentadinha me esperando, a esperta!
Beijos,
Nine

Fabiana Alvim disse...

Acordas às 5h15??? COMOASSIM?! Morri de sono com esse post... tsdinha docê!

Tem coisa mais delícia que um dengo na cama da mãe?! Até hj lembro do conforto do cantinho da cama da minha... mãe.

Beijos

Bianca disse...

Carol, já ouvi dizer de uma profissional que esses medos aparecem no processo de crescimento e amadurecimento das crianças..Que sentir medo mostra "maturidade" - e eu fiquei pensando que pode ser mesmo, já que os pequenininhos são pouco medrosos, né? Já já passa, daqui a pouco vc vai ver os medos mudarem como o meu filho que anda preocupado com o "fim do mundo", afe!
beijos
Bianca

Ioly a dona do verdades... disse...

A Mi também fala em monstros, segue-os com o olhar, fala onde está exatamente... rs
Mas não tem medo, a ensinei a manda-los embora, e agora ela mesma resolve:
- Se mande monstro! rs
Dormir agarradinhos faz parte.
bjus e bom sono

Dany, Danielle disse...

Adorei sua história. Que lindo isso!
Vim conhecer seu blog e estou te seguindo para poder voltar mais vezes.
Quanta coisa fofa por aqui!!!
Beijos e ótima quinta-feira.
Dany, Danielle

Micheli disse...

Oi, Carol.
Que ótimo acabar o medo dos monstros!
Sabe que aqui já tem algum tempo que a Clara está com essa mania de aparecer na minha cama de madrugada. E olhe que eu nunca acostumei, ela dorme no quarto dela desde sempre.
Tem dias que a levo de volta, outros cedo e sigo dormindo, até porque dependendo do horário não vale a pena a perda do sono. Nós mãe temos direito, né?
beijos.

Celi disse...

Ahhhh e tem que curtir mesmo! Dá para abrir exceção sim. Sabe que essa noite que passou Felipe também não estava legal. Foi dormir um pouquinho febril e no meio da noite falou: - Mami, mami posso ir dormir com você com o papai?" Posso essa criança perguntar se pode, mas não estava 100% e então, o que acha que eu fiz? Lógico que dormimos com as pernas bem encostadinhas. Uma delícia. Faz parte das delícias de ser mãe. Beijos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails