segunda-feira, 12 de abril de 2010

Língua de filho. Dicionário Mamãe.

Hoje o dia foi assim. Carol pra resolver as coisas da casa e Carol Mamãe.
Estou, digamos, respirando a maternidade e tudo o que ela pode me oferecer.
Conseguir entender o que o filho diz ou quer sem dizer é uma mágica.
Essa fase é uma delícia. Isaac olha pra mim e eu preciso me policiar para não completar a palavra antes dele, ou responder antes da pergunta.
Entre palavras bem pronunciadas e sons mais que estranhos, eu vou sendo apresentada ao mundo que o meu pequeno enxerga.
As vezes acerto na mosca, mas ver que ele espera uma reação a uma frase não interpretada é de embananar qualquer neurônio.
Isaac fala muito. Muito mesmo. As pessoas até estranham quando perguntam a idade dele.
Mas também, o pequeno foi gestado dentro de um estúdio de rádio, cantei e conversei com ele, sem falhas, todos os banhos durante os 7 meses em que morou dentro da minha barriga.
E cá entre nós, depois que ele nasceu é meu companheiro de papo, de história, de tudo.
Somando tudo isso e mais um pouco, cresce um tagarela.
E o melhor, ele une muito bem as letrinhas pra demonstrar o que quer e o que não quer.
Complicado é segurar o que se fala perto dele, já que repetir é tarefa fácil, fácil.
Diz a fonoaudióloga que é importantíssimo pronunciar as palavras corretamente para o pequeno, mas que mama não se derrete ao ouvir manana, mimiga, bobó, beza e popóta (isso é zebra e hipopótamo, o pequeno está viciado em Madagascar), atiti Nemo, entre outras delícias desse vocabulário fofo e novinho em folha.
Passei a tarde com ele no shopping e agora ele está aproveitando as manhas e manias dos avós maternos. Engraçado é que quando ele se põe a falar, pedir e comentar, olham pra mim e: "O que ele disse???" como se eu fosse a salvação da lavoura.
Vai ver que, nessa fase, sou mesmo.
É isso.
Enquanto o filho aprende as palavras, nós mamães vamos aprendendo a ser dicionário.

Um comentário:

Micheli disse...

Que legal! É assim mesmo. No começo temos de traduzir tudo. Aos poucos todo mundo vai entendendo. A minha Clara é assim como ele, fala muito, fala de tudo, nínguém acredita na sua idade.
Ah, ela fala muiiiitos nomes de bichos certinho, engraçado que ela fala "popóta" para hipopótamos tb! rs.
Um bj.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails