quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Volta às aulas, mas antes volta às compras

E eu vejo por aí um monte de mãe torcendo o nariz pro recesso escolar.
Entendo que é difícil pra quem trabalha, e mais difícil ainda conseguir entreter a cria dias e dias sem enjoar.
Além disso temos a chuva típica da época.
Entendo.
Mas meu caso de nariz torcido em janeiro, e torcido mesmo até virar de ponta-cabeça (ai, lembrei de um filme do Mazzaropi, hahahahahahaha), é a bendita lista do material escolar.
Afe.
E a cada ano que passa as listas estão maiores, e mais complicadas.
Digamos que além dos 30 itens de papelaria, a versão 2012 me obriga ainda a enfrentar fila encontrar produtos em supermercados, armarinhos e shopping center.
Uma beleza.
Aí me vira o sistema tributário (já perceberam que numa caneta 47,5% é imposto minha gente?) e manda pesquisar.
Tá. Faço isso.
Faço mas de nariz torcido.
Não gosto nem do sistema tributário exagerado deste país tropical e abençoado por Deus, bonito por natureza e com um centro da cidade insuportavelmente quente e lotado. Nem das opções que tenho aqui na city, que além de poucas vivem de mãos dadas.
Abençoado por Deus? Amém. Mas bem que as criaturinhas celestiais não deveriam vir vestidas de personagens licenciados e carérrimos.
Ontem mesmo fui futucar mochila nova pro Isaac.
E só fui porque a atual está pedindo socorro depois de dois anos letivos bem aproveitados.
E caí de costas.
Você não encontra mais mochila básica.
E se encontrasse enfrentaria birra, bico e choradeira diária de segunda à sexta.
(Sim, minha amiga, seu filho de 3 anos tem vontade própria, desejos e artilharia psicológica pesada.)
E além de não básicas não atendem mais por dois dígitos.
Pós sifrão são 3 dígitos, e dos bem rechonchudos.
E ela não vive solitária. Precisa da amiga lancheira como parceira.
Eu costumo não cair nessa, mas sinceramente não sei como vai ser esse ano.
Isaac presta mais atenção nas coisas do que na própria mãe. As conversas acontecem mas não garantem um ataque de "eu queros" em lugares públicos e cheios.
Desafios da maternidade.
E eu creio fortemente que serei agraciada com mais um super poder.
Fortemente, viu entidade maior?!?
E assim, passarei sem sequelas por tal período.
Amém.


14 comentários:

Francine Barrionuevo disse...

Nossa é realmente tudo isso mesmo. Eu procuro facilitar um pouco as coisas e tento comprar a maioria pela internet. Mas, enfrentar filas é inevitável porque nem tudo dá pra comprar pela net, tem coisas que a gente precisa pegar com as mãos pra ver não é mesmo...rsrsrsr
Boas compras!!!
Beijo grande

Ana Násily disse...

rsrs é a mais pura verdade, eu tento não pirar a cabeça com esse assunto! como eu tenho 3 em casa se fosse p esquentar a cabeça eu nem sei como estaria hoje!na verdade eu amo ir com os filhotes a compra e daixar que eles escolham. mas se posso dar o que eles me pedem não aceito choro nem vela!aki fazemos o que esta ao osso alcance par agrada-los mas se não da de imediatos graças ao meu bom Deus eles não reclamam! bj grande leio seu blog diariamente, mas esta é a primeira vez que comento! ps: meu caçulinha tbm se chama Isaac..e diga-se de passagem; por conta do seu!:)

Bruna disse...

Olhe... não é fácil mesmo, minha sorte q a Julia ainda não descobriu o poder das próprias escolhas (ou sou eu a bruxa malvada q diz q quem manda sou eu e q ela vai usar o q eu quiser????), mas para a minha felicidade a lista de material dela conta apenas com 9 itens!!!! Ufa!!!! Só espero não ter muitas surpresas no decorrer do ano!!!!

(Mamãe) ~Pinel disse...

Eu sempre fui apaixonada por "renovar" o material no início de cada ano letivo, e até hoje, na faculdade, tento não perder isso e compro algum caderno (uma matéria), algumas canetas ou um lápis novo que seja. E sei bem os valores.

Sempre disse que amaria essa época da Lara, talvez por eu ter saído há pouco tempo. Ainda não tive a oportunidade de comprar materiais para ela, mas, enquanto isso, posso continuar no meu sonho onde valores não entram??? heheehheeh

Boa sorte com a lista de material do Isaac! E, claro, com a mochila!

Raquel disse...

Puts, falou e disse! Me vi neste post! hahaha
Este ano tbém tive que comprar uma nova mochila. Mas não levei Ana na papelaria...combinei com a vendedora q caso tivesse que trocar, voltaria então. Cheguei em casa com uma da Ariel e graças ela curtiu.
Vi que existem mochilas de seiscentos reais, gente! o que é isso?
bjs, Raquel
www.mamae24hs.blogspot.com

Bianca disse...

Carol,
quando chegar a lista de livros, cada um por R$100,00 ou mais, ai vc vai ver que o que é ruim, pode piorar.
Aff!
Bjs

Ana Paula disse...

Eu ainda não me ative à lista de material escolar da minha filha. Mas quanto à mochila, tenho uma sugestão, pra a qual não estou ganhando nada: vc conhece a Privalia (clube de compras)? Na semana passada tinha mochila em promoção lá e elas, além de bonitinhas, tinham o preço em 2 dígitos. Talvez pra este ano não dê mais, pois esta promoção já acabou, mas fica a dica. A mochila da minha filha eu comprei lá e em 2012 ela vai pro terceiro ano de uso.

Futura mãmã disse...

Verdade ;)Beij

Celi disse...

Nossa Carol!!! Tenho uma amiga de SP que sempre reclama do absurdo da quantidade de material e principalmente do preço. O pior é que não dá para comprar qualquer uma, né? Tem que garantir preço bom e qualidade! Que tarefa difícil.
Espero que ajudem você nessa procura toda.
Por aqui ainda não passei por isso. Nem quero ver... Como temos gastos! E logo, logo eu terei três... Já pensou! Socorro!!!!!! rs
Beijos

Carolina disse...

escolher material é sempre um caos. quanto a mochilo eu me safo por que a escola "fornece" e mesmo assim ele me pergunta por que ele não tem uma mochila do "carros" ou "bem 10'. O Bruno anda bem consumista e estou trabalhando isso. Desafios da maternidade...

Lua disse...

Nossa, me deu até um medo básico.Esse é primeiro ano de escol da Heitor e ele ainda não tem muitos quereres. Agora quanto a lista de material, pode ser uma boa procurar o direito do consumidor e verificar se tudo que está sendo solicitado na lista é valido de ser pedido, pois vários itens foram classificados como dever da escola de oferecer, uma vez que é cobrada a mensalidade escolar.

Bjos e boa sorte!
www.devaneioslunares.blogspot.com

A Mãe Viajante disse...

Quase caí de costas quando vi as mochilas básicas aqui em BH custando 180 reais. Aliás, fiquei horrorizada com os preços desse tipo de coisa aqui no Brasil. Não tem por quê, nem o imposto justifica um preço tão alto assim... Nessas horas eu amo morar fora...
Beijos e boa sorte aí!
Livia

Danielle Cardão disse...

Oi, nossa a lista de material do meu filho é de cair o queixo mas consegui comprar antes do natal porque sei que agora ninguém consegue comprar mais nada sem enfrentar aquela fila. Quanto a mochila eu dei sorte porque meu marido ficou de férias e fomos a Caxias e fomos procurando a mochila e percebemos que só comprariamos lancheira e mochila por 200 foi ai que entramos numa loja de calçados e encontramos acreditem uma mochila e uma lancheira por 130 do Ben 10 tá certo que a do carros era bem mais a cara do Daniel mas como na época não sabiamos quanto sairia a lista acabamos comprando e hj percebo que fizemos um ótimo negócio. Por isso mamães ano que vem vamos comprar no início de Dezembro porque tá bem mais em conta e não vai ter fila a não ser pra comprar presentes de natal. rsrsrsrs

Dani Cardão.

Chris Ferreira disse...

OI Carol,
as listas, depois que saem da crvhe e vão para a "escola grande" melhoram. Tem menos material de papelaria, quase nenhum, e mais livros e cadernos. Mas as mochilas ... cada vez pior.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails