terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Isaac Travadinho da Silva

"eu odeio fotos" diz o travado menininho...

Aconteceu.
E olha que eu achei que não seria assim.
Mas aconteceu.
Isaac se tornou criança tímida, travada e nada social.
Ou é timidez em grau master ou birra da boa ou algo que não consiguimos identificar ainda.
Como assim?
Em qualquer evento com mais de 3 pessoas (que somos nós, a família) ele emburra, vira a cara, não responde perguntas básicas nem por educação, chora por qualquer coisinha e afins.
E se tem criança então, danou-se.
Nem chega perto, e se chega é pra disputar algum brinquedo. E se não funciona chora. Ele não conversa nem troca experiênciazinhas infantis.
Fotos, abraços e encontros são motivo de chatice plena.
Travou.
E nós ficamos assim, com interrogação enorme na testa.
Como boa mãe dramática que sou, estou pensando seriamente em levá-lo para um acompanhamento psicólógico.
E eu  nem acho tão dramático assim, mas vá lá.
Quem pode me responder como e onde e quando vou achar explicação pra tal mudança brusca de personalidade?
Já ouvi dizer que é fase.
Fase?
Oras, então a crtiança comunicativa de meses atrás, que era vereador mirim, dava piscadinhas pras velhinhas da rua também era fruto de uma fase?
E me digam.
Como entender que aquele bichinho do mato é filho de pais tão sem vergonha e caras de pau comuinicativos?
Difícil.
Eu, que sempre sorri largamente ao ver filhote feliz e saltitante, conversando e mandando caretas pra geral, agora tenho que ficar contornando situações como ter uma criaturinha enfiada entre as minhas pernas, me puxando ou repetindo o mantra "vamos embora daqui".
Nada fácil.
Aliás, peço a ajuda das cibermãezocas queridas:
Você já passou por essa fase?
É fase?
Passa mesmo?
Alguma coisa pode ter provocado isso?
Socorro!!!!



19 comentários:

Mari Hart disse...

Ihhh Carol, nunca passei por isso com filhos, mas EU era assim mesmo! Minha mãe diz que fez trabalho psicológico para tirar minha timidez que me prejudicava muito, como vc disse, não interagia com outras criancas desconhecidas em festas infantis por exemplo, mas só melhorei depois de "velha", ou seja, aos 11/12 anos. Até hj ela diz que se soubesse que eu iria virar a sem vergonha que virei, ela não teria feito nada! rs!

Mas eu chuto no "é fase!". Se ele nunca foi assim, só pode ser! E fase, graças a Deus, passa!

Bjão!

Tathyana disse...

Carol, Alice é assim mas só nos primeiros 15 minutos, depois ela se solta e vai ficando mais sociável até ficar insuportável rssssss. Eu te aconselho a observar e conversar, se as coisas começarem a progredir e ele tiver perdas significativas como não querer mais sair de casa, aí vc procura um psicólogo infantil. Bjkas.

Mãe de Duas disse...

Claro que é fase, Carol! Aqui a Lia não podia entrar no elevador que travava. Justo quem...
Acho que a partir dos 3 anos eles começam a tomar mais consciência de si, de quem está observando. Isso quer dizer que ele está amadurecendo. A melhor coisa é respeitar a fase e a opção de ficar escondido por uns meses. Já já ele ressurge das cinzas e vai dançar em cima da messa, hehehe!
Beijos e relaxa!
Pri

Mamma Mini disse...

Carol, wellcome back! Ainda não li o post da India mas quero ler tudo! Sobre o travamento dos 3 aconteceu aqui em casa também... o David ficou tímido e não fala mais oi pra ninguém, eu obrigo ele a falar com as pessoas e comprimentar... antes era o pop star... igual o Isaac... foda né? Essa questão das outras crianças tivemos a experiencia de ter um amiguinho da escola aqui em casa e de ele ir na casa dele no outro dia e percebi que nesta idade eles tem um timing curto para aguentar outra criança, ambos se encheram e o dia podia acabar ali na metade... Acho que é fase sim... eu tento mostrar pra ele que é educado responder quando falam com ele, e quase "obrigar" ele a sair de casa porque ele sempre acaba se diverrtindo... mas sempre ouço um" quando vamos voltar pra casa?" fazer o que né amiga? Essa também vai passar rs rs rs rs, boa sorte aí (e aqui)! beijo

Cris Guimarães disse...

Eu acho que se relaxarem e não o forçarem a nada, com o tempo, ele se integra. Como a Mari, disse, pode ou não ser fase. É observar e tentar integrá-lo, sem ficar chamando ou forçando, acredito eu.

Anne disse...

Carola eu sou uma mãe nada experiente, to sambando na lama com as malcriações dos 20 meses! Não consigo te dar dica nenhuma, amiga... para variara!
Mas ó, sei que vc vai tirar de letra,e acho que passa!
Como ele está gato!!
Bjos e feliz 2012!!!

Ana disse...

Oiê!
Meu pitaco.Rs
Carol nada mais é que ele tá... crescendo!!!
Ele já não é mais o bebê que sorri fácil, adora fazer gracinhas que pedimos, etc e tals.
Tá começando a ter mais consciência dele mesmo e dos outro "seres".
E percebe que nem tudo é legal, é divertido.
Por isso esse mal humor para quase tudo.
Não priva, não deixe de sair, de manter a vida social. Só respeita porque se força pode ser pior.
Aos poucos ele vai observando que brincar com os desconhecidos é legal, conversar tb é legal.
Ele só precisa de um tempo para saber resolver como fazer.
Se o Lucas passou por isso? Igualzinho. Agora ele as vezes me mata de vergonha por sua falta de vergonha. Só demorou na questão da foto virando a cara até pouco tempo :/ Rs
Beijos!

Mônica Lourenço disse...

Ah, nessa eu posso opinar! Meu Arthur virou um bicho do mato... Depois dos terribles two vem os boring three! Como o Arthur ficou chatinho depois que fez três anos - totalmente antisocial, igualzinho você descreveu. Amigas minhas garantem, passa lá pelos marvelous four!

Juliana disse...

Oi Carol!!
Mais comum do que você imagina viu?
Sabe oque pode mudar um pouco esse quadro? Você simplesmente não dar a menor importância pra isso. Calma!!Não tô dizendo pra deixar seu filhote pra lá e pronto. É pra trata-lo como se estivesse agindo super normal, sem chorumelas, sem implorar pra ele tirar foto ou falar com alguém. É um momento dele, crianças tem seus momentos de mudanças de pensamentos, de atitudes, de pensar muito, de refletir. Ele só quer um pouco de espaço pra que isso aconteça. Até que claro, isso não o prejudique. Aí sim você deverá procurar uma ajuda. Mas deixa claro pra ele, que você o compreende e que deixará ele ter esse tempo dele. Mesmo se mordendo por dentro, mas aos poucos voce vai perceber que ele voltrá a se agrupar, quando se sentir mais seguro.
Super beijocaaaa

Diário da mãe e da filha disse...

Calma!! Já aconteceu aqui em casa, isso é fase, passou.
Eu coloquei a Ingrid em uma aula de teatro na escola dela (aula extra) e isso passou.

Foi isso que eu fiz, mas eu creio que é fase.

Beijos

Coisas de mãe disse...

Oi! Voltei!


Feliz Ano Novo.


Vou começar por este... até chegar na India!

Então, vou não diz que é fã do PEdro? Ele tambem é super travado, e mesmo assim você acha ele fofo, acha ele super. Você não viu ele nã Ana MAria Braga? Vc não tem noção de como ele se esforçou para falar um frase que fosse, e simplesmente NãO CONSEGUIU.

Depois que a Luiza nasceu ele melhorou um pouco, teve que correr atras da irmã, que é um poço de sociabilidade.

Crescer também ajudou.


A escola, ajudou MUITO.


Só cuido com o limite entre timidez e falta de educação. Falo muito isto pra ele. Você pode ser timido, mas deve ser educado, tem que olhar no olho para dizer oi, seja atencioso.

As vezes não da certo. Mas a gente vai tentando.

O Isaac ainda é pequeno. Fica tranquila!

beijos


Pati

Futura mãmã disse...

Oi querida... O issac ta lindao na foto rsrsrs
Olhe eu acho que isso e fase mesmo...e dele tar crescendo e desenvolvendo ksk e quando alcançar uma certa idade, muda denovo.
Beijocas

Patricia disse...

Acho que é fase e que passa. Mariana também era mais extrovertida e com o tempo foi ficando mais "ciente" das próprias ações e com isso se reservando mais. Fotos então, ninguém mais consegue tirar.
Mas embora seja fase, acho que a gente tem que ajudar a destravar, ajudar a desemburrar quando necessário e aí passa, ou chega num meio termo, que já tá muito bom!
ai, fases, todo dia uma nova!
beijos e paciência aí!

Simone Scalabrini disse...

rsrsrsrs.

Ai, que situação! A gente quase morre, né Carolzita?

Sofia sempre foi bem tímida e o que eu faço é conversar com ela sempre - isso quer dizer todo dia, toda hora - que ela não precisa ser simpática nem dar beijinho em ninguém, mas que educada ela precisa ser sim.

E pego no pé sem parar. Cansa, mas tem que fazer.

Tomara que seja fase. rsrs. Vou torcer.

Bjs!!!!!!!!!!

Thaty disse...

Bem, acho que vou dizer mais ou menos o que todas as outras já disseram: o jeito é respirar fundo e esperar passar. Meu mais velho era assim também, eu quase tinha um treco. Sou super comunicativa, ele virava uma criatura mal educada quando encontrava outras pessoas, não respondia, virava a cara e se forçavamos era ainda pior. Então tive que desencanar e deixar pra lá.

Conforme ele foi crescendo as coisas foram melhorando. Hoje ele ainda dá umas escorregadas de vez em quando, mas já virou um ser um pouco mais social...hehehe

Força aí!!

Beijos
Tati

Lorena disse...

oi!

Posso dar meu pitaco sem nunca ter aparecido aqui antes?? (quer dizer, já apreci, só nunca comentei, na verdade esotu sempre aqui!). Não sou mãe ainda, mas me lembro dos meus 3 anos (sério, eu lembro). Eu tb era um bicho do mato. Não falava com ninguém, tinha vergonha de tudo, chorava a toa (chorei quando cantaram parabéns pra mim, no meu aniversário - só porque estava todo mundo olhando e cantando PRA MIM), não interagia com outras crianças (existe uma sessão de fotos minha no primeiro dia de aula na escola; minha mãe até se esforçou, cantou, brincou, minhas colegas de classe aproveitaram a farra, inclusive brincando com meus brinquedos... e eu, em todas as fotos, estou colada em uma pilastra, com cara de choro)... enfim, uma fase negra. Rsrs
Não sou um poço de espontaneidade, semrpe fui mais quieta e reservada. Mas meus três anos foram o auge disso tudo, não sei porque. Não me lembro bem de como eu me sentia, só lembro de sentir uma vergonha danada de tudo.

Então acho que é só dar tempo ao tempo que o Isaac volta a ser o garoto risonho e simpático de sempre. :)

Abraços.

Sarah disse...

Carol, tb acho que é fase. Concordo com as meninas que disseram que ele está crescendo, adquirindo mais consciência de si mesmo e, consequentemente, de seus sentimentos. Bento sempre fica envergonhado em uma situação nova, com gente nova ou que não vê há muito tempo. Mas é deixá-lo quieto que, no tempo dele, perde a inibição inicial e vai que vai. Boa sorte aí!
bjos

(Mamãe) ~Pinel disse...

Ixi!!!
Dica não sei dar...
E a verdade é que, por mais que eu fale algumas vezes (e por mais que seja realmente verdade algumas vezes), falar que é fase é igual médico de pronto socorro que não sabe o que é e fala que é virose!

Espero que passe! Naturalmente ou com ajuda...
Tenta conversar com ele, se tem alguma coisa chateando ele... porque da mudança (claro, no nível dele de entendimento). Às vezes ele pode dar alguma dica do motivo, e se realmente é ou não uma fase!

Não imagino a Lara travada! hehehe
Também teria uma pontinha de desespero!

Lu Azevedo disse...

Carol,

Primeiro, Isaac ta LINDO! Um gato mesmo!

Depois, acho que deve ser fase mesmo, viu? Como disse muito bem a Pri, tb acho que nessa idade a personalidade deles desabrocha, eles tomam mais consciência de si e dos outros ao redor, passam a sentir vergonha de algumas coisas, tédio de outras, e por assim vai. Se fosse eu não interferiria agora não. Acho que se o quadro persistir e isso começar a atrapalhar a vida dele, ajuda psicológica é bacana. Eu fui uma criança extremamente tímida e isso foi horrível pra mim. Eu sentia insegurança em qqr situação e isso me perseguiu até a juventude. Vai dando notícias, ta?

Sobre o desfralde, eu tinha entendido que o Isaac já estava desfraldado de tudo, não foi isso não? Aqui quem solucionou o problema do coco no penico fui eu mesma. Eu falei pra ele que o dia que ele fizesse ganharia um helicóptero de brinquedo (bem baratinho). Dai um dia ele fez... Não acho que teve muito à ver com o presentinho não, mas mais com o fato dele estar pronto mesmo. Mas é importante estar sempre tentando. E nesse dia, o coco saiu mais molinho, ele tinha tomado muita água e suco antes e acho que assim saiu mais fácil, não sentiu medo, sabe?

Enfim, vou tentar escrever logo um post completo de tudo que tentei aqui em casa... Eu até li um livro inteiro sobre o assunto! O que a gente não faz pelos nossos filhos... :)

Beijos, lindona e desencana com o Isaac!

Lu

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails