quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Como gostar dos livros

E livro é coisa boa.
Bom de ler, conviver, indicar, falar sobre, trocar, enfim...
Não faz mal algum pra gente. Só bem.
Então que no último post, A Martha, mãe da fofolete Laís, vem e me pede um pitaco.
Gente... pedir pitaco pra mãe????
Ganhou um post inteiro!
E pra vocês não pensarem que estou roubando, segue coment...

Carol, eu adoro livros e queria muito que Laís adquirisse esse habito. Mas não sei de que forma introduzir isso! Ainda não consegui ler nenhuma historinha com a Laís e ela já esta com 8 meses (quase adolescente! hehe)
Da dica aí vai!

Lóooooogico que dou dica, Martha.
Seguintes, não vou dar uma diiiiiica assiiiiim, mas vou te falar como foi em casa, aí você pode ver se funciona.
E tá, confesso, adoro uma história...

Bom, eu achava que pra gostar de livros não era preciso muito esforço, já que cresci no meio deles e pra mim isso sempre foi um presente, um prazer. Meu criado-mudo vive empilhado, tenho o costume de ler 3, 4 livros por vez. E consultar um ou outro quando necessário.
Consultar? "Manual do proprietário", sobre crianças pequenas e o livro do Riq Freire "100 praias que valem a viagem" estão sempre ao meu alcançe. E como vivo pensando numa nova aventura, até os atlas moram no meu quarto por período indeterminado.
Mas eis que existe maridex, e ele não cresceu no País das Maravilhas. Lê numa marra louca. Até já perdi as contas de quantos exemplares já dei a ele e que ficaram lá, lidos só até a dedicatória.
Então, naturalmente, assim que começou a prestar mais atenção no mundo, Isaac logo já ganhou um livrinho.
Foi um marco. Não via a hora de ensiná-lo a virar as paginas.
Escolhi um super colorido, com figuras fáceis de entender.
E foi esse:


"Asas e patas", da Limited Books.
Fofo. Tem pop-ups simples e textos básicos pra criança adivinhar de quem são as asas e as patas. Abriu o pop-up, lá está o bichinho inteiro. E tem papagaio, abelha, coruja. Uma graça.
Recomendo.
E logo descobrimos mais da mesma coleção.
No mesmo estilo. E melhor, achamos por R$9,90 no Wal Mart. 
Alíás, aproveito aqui para deixar outra dica. Já achei livros ótimos e DVDs a preços mais que bacanas em prateleiras escondidas no Wal Mart. Aproveitem dia com paciência extra. Vale a pena.

Também temos livro de tecido com mordedor imbutido (esse sim foi o primeiro dele, mas que não teve muita atenção), temos livro de banho (que são meeega úteis e coloridos), livros com bastaaante figuras, até os de adultos, sobre museus, lugares, obras de arte (filhote a-ma).

E sobre ler histórias inteiras. Isso eu demorei a fazer. Começamos quando pequeno fez 1 ano. Assim já entendia graaande parte do que falávamos, interagia. Fica mais divertido assim.
Mas me lembro bem de sentar ao lado do berço e por a memória pra trabalhar contando trechos das histórias da minha infância (Alice, Branca de Neve, João e o pé de feijão) quando Isaac era bebezico de tudo.

Respondi?
Espero que sim.
Bjo bjo bjo, Martha, por fazer uma mama pitaquenta toda feliz.

17 comentários:

Cinthia disse...

Ótima dica Carol, vou colocar em prática com a Anninha, ela tem vários livros, mas não para quieta para ouvir um conto, gosta é dos coloridos, sou novata no mundo dos blogs e adorei o seu, já estou seguindo...
Beijinho

Martha disse...

AHhhhhhhh ADOREI!!!!!!
Muito obrigado pelo pitaquinho e pelas dicas.... o melhor da blogsfera é essa troca de experiencias... impagavel!!!
Então.. vou colocar em pratica todos as dicas... quero muito que minha pequena tenha esse habito maravilhoso! Tenho que incentivar pq lá em casa acontece a mesma coisa.. eu adoro e marido ñ faz a minima questão dos livros - eu compro, leio e conto a historia para ele... pode??!!
Uma coisa que fiquei lembrando depois do meu comentario foi que os gibis da monica me insentivaram muito a gostar de ler...
Então... tah.. mas uma vez, brigainho pelas dicas!
Bjkas grandes!

Camila disse...

Vc é uma grande "pitaquenta"! Adorei o post, sou meio parecida com o maridex, mas procuro fazer com que os meus filhotes não sejam muito como eu, sabe? Ainda bem que tem dado certo....
Bjos,
Camila
http://mamaetaocupada.blogspot.com/

Dani disse...

Ótimo post, prá variar né Carol.
Eu também AMO ler e, acho que meio sem querer, acabei passando isso pra Nina. Também comecei por livros coloridos ou que tinham personagens conhecidos. Lembro de um livrinho que a Nina adorava, que tinha um vovô careca. O meu pai é careca, então, aquele virou o livro do vovô Romeu.
Entào, aqui fica a dica: tentar aproximar as histórias da realidade das crianças. Fantasiar mesmo. Dizer que o cachorro da histório tem o nome do cachorro de casa. Acho que isso chama a atenção.
Beijo!
Dani

Carol Passuello disse...

Que legal esse post!!! Acho que se gostamos de ler e temos esse hábito, naturalmente os pequenos irão gostar de ler... Os meus tem alguns livrinhos bem fofinhos, e deixo sempre a mão para eles brincarem, mesmo que não os leia, para se acostumarem...
Minha prima tem um bebê (ainda é bebê?) de 1 ano e 4 meses. Ela é o marido são professores universitários, doutores, pesquisadores e tudo o mais. Sabe o que o Frederico faz? Pega qualquer livro da casa e faz de conta que tá lendo? Não é o máximo???

Outro assunto: fiz um twitter e tô te seguindo. Respondo tuas tuitadas, mas acho que não consegues ler pq não me segues tb... Tô triste... Hehehee

Bjs

Ser mãe é viver constantemente feliz! disse...

KKKKK..não aguentei o "pitaquenta"...kkkkk...ler e ensinar é sempre bom....bjs

Simone disse...

Legal demais esse mundo criança/livro.

A maior alegria da Sofia é quando chega sexta feira da escola e vai abrindo a mochila pra mostrar pra gente o livro que ela trouxe da biblioteca. Primeira ela lê em voz alta pra gente, depois é o papai e por último eu. Momento delicioso esse de sentar de pernas cruzadas e ler o livro que ela escolheu trazer da escola.

Temos que incentivar mesmo. Fiz isso desde sempre, com ela ainda na barriga. Deitava na cama e lia um livrinho fazendo carinho na barriga. rsrs

Bjs!!!!!

Re disse...

Carol, adorei o post..eu tb adoro ler e hj mesmo comentei com o marido que no quarto do bb eu quero fazer um porta revista bem na base da parede, para o bb ter acesso facil a todos os livros. E obrigada pelas palavras la no blog. Bjs

Micheli disse...

Adorei o post! Aqui em casa tb adoro livros e Clarinha já pegou o gosto com a mamãe. O post de ontem trouxe outra dica de livrinho, passa lá.
Tb escrevi sobre como ensinar a criança a curtir os livros desde cedom a pedido de outra mãe aqui: http://tagarelicesepensamentos.blogspot.com/2010/08/para-gosta-de-ler.html (se alguém mais quiser dar uma olhada).
Um beijão.

Paty Fortunato disse...

Ótimas dicas. Meu filho está se mostrando mto interessado por leitura (mto bom) ele mesmo pega os livros e me pede pra ler, é um fofo né? rs

Beijocas!

Pinguinho da Mamãe disse...

Carol...
A Pinguinho tb tem estes livrinhos...
Tem uma outra coleção, que é o Balance minhas Orelhas, tb muito legal.
Ela ainda não gosta muito que eu leia a histórinha, então vou mostrando as figuras e inventando uma histórinha mais curtinha... Ai, sim... ADORA!
Ler é tudo de bom!
Bjs
Ju

Fabi disse...

Este das patas eu tenho em casa e o Gu ama! Daí comprei também o das orelhas que é da mesma coleção. E fez o mesmo sucesso!
Daí desembestei a comprar este tipo de livro pra ele e... tcham tcham tcham tcham... foi um excelente investimento. Além dele adorar, é um ótimo passatempo pra ele quando estamos "presos" em algum lugar, como no restaurante por exemplo, esperando a comida chegar...
Boas dicas Carol!
Bjocas

Juliana Dalzoto disse...

Passando vapt vupt pra avisar que tem um selinho que combina muuuito com seu bloguinho viu?! Espero q goste ;)
Beijo beijo

Karol Pereira disse...

Olá! Acho muito legal esse hábito de ler para as crianças. É super importante né?
Não espero a hora de ler para o meu pequeno. Tem idade certa para ler para eles ou quanto antes melhor?
Doces beijos, Karol

Bianca disse...

Oi Carol!
Adorei seu relato!! Uma vez participei de um concurso no blog sobre esse assunto também!(e ganhei, rs). Se quiser dar uma lida: http://biacriselulu.blogspot.com/2008/09/concurso-onde-voc-l-com-seu-filho.html

Lindona, tem selinho pra vc lá no blog!
Beijos

Mariana Hart disse...

Aii Carol,até meus gêmeos nascerem eu li amuito,mas e depois!?Cadê o tempo!?Um livro dura 1 mês p/mim infelizmente!:((

Mas para as crianças é prioridade e eu como neta torta de escritor,imortal da ABL,não posso deixar de influenciar meus filhos! E p/presentes p/amiguinhos só dou livros tb!Brinquedos todos ganham!

Mas vamos combinar uma coisa...os preços!?!?!?Affff....acho que isso que desanima o povo,pq ninguém compra 1 só,eu pelo menos não consigo! Um dos nossos programas preferidos é ir a Sraaiva sentar no chão da sessão infantil e ficar lendo histórias!Fazemos uma zona e adoramos!:))

Bjão!

Chris Ferreira disse...

Oi Carol,
suas dicas foram 10!
Eu aqui invento muitas histórias onde elas são as personagens meio disfarçadas. Mas bem que se identificam. Essa semana a Sofia lebrou das histórias inventas e me pediu para contar várias. Ainda bem que eu comecei a filmar para registrar porque eu invento e depois esqueço.
Adoramos livros, brincamos com as histórias.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails