terça-feira, 9 de outubro de 2012

Roedor

Pois é.
Isaac agora rói as unhas.
Acaba com elas.
Cutuca.
Puxa pelinha.
Já desenvolveu maneira particular de fazer isso.
Eu converso.
Nada de bronca. Só converso.
Falo sobre amor próprio, doenças e dores.
E ele se esconde.
E cutuca.
E puxa pelinha.
Depois sente dor.
Assopra as pontas dos dedos.
E volta a roer.

...

Oh Lord! Help me!

...


2 comentários:

Dri Eulalia Festa Personalizadas disse...

Tenhos amigas que as crianças roem unhas e elas não sabem o que fazer, acho que minha mãe não soube tbm pois até hoje sou uma roedora constante daqueles que tira a pelinha e sopra depois, já teve dias que consegui deixar crescer, mas logo a vontade de roer voltou.
bjus

Priscilla Perlatti disse...

Carol!!! Aqui a mesmíssima coisa.
Dona Lia anda com um apetite nojento, se alimentando de tecos de unhas e catotas de nariz - eca!eca!eca!
Aqui já tentei conversar, passar esmalte e mostrar que "dedos cabeçudos" vivem inflamados e doídos. Sem sucesso.
O que fazer?
Se vc descobrir a resposta, me conta!

Beijos

Pri

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails