quarta-feira, 25 de maio de 2011

O por quê, o porquê, o porque e o por que agora vivem lá em casa.

do Google

Tá que criança é cheia de detalhezinhos que muitas vezes deixam a gente de cabelo em pé.
Ok que criança desenvolve rápido pacas e temos que rebolar pra acompanhar.
Sei, sei que os pequenos entendem o mundo e a vida de maneira completamente diferente e quando perguntam devemos responder de maneira ideal pra idade em questão.

Isaac está na fase dos porquês.
Mais de perguntar do que ouvir a resposta.
Mas vá lá que ficar encurralada entre tantas interrogações já é coisa insana.
Acontece, faz parte e simbora.
Outro dia, a queridoca Mari, do Viciados em colo, deu uma dica que eu achei vital.
Quando a série de porquês demonstrasse ser infinita, a arma secreta seria usar o "por que o quê?"
Simples, pensei eu.
Ilusão da minha parte.
Depois que minhas respostas estão esgotadas e a paciência dá sinais de pedido de demissão eu mando:

- Por que o quê, Isaac?

Sabem o que ele faz? E eu não tentei uma vez só...
Ele repete exatamente, com pausas e pontos, a última pergunta que fez.
Com contexto e explicação, caso eu solicite.
Mole?
Nããão.

...

Mas a coisa não para por aí.
Filhote agora está empenhado em descobrir, entender e utilizar os conceitos de ontem/hoje, noite/dia.
E esse último tem sido uma loucura, motivo de choradeira, arrepio e desespero.
Aí vocês me perguntam: POR QUÊ?
E eu não me irrito...
Sério, prometo.
Porque, minha gente, a cria resolveu que não quer mais saber da lua.
Quando ele vê que está escurecendo, arma um bico e começa:

- Está de noite?
- Está, filho.
- Mas eu não quero. Quero o sol!
- Entendo, filho. Mas o sol tem que ir fazer o dia láááá do outro lado do mundo e você precisa descansar.
- Eu não quero descansar.
- Se você não descansar não vai conseguir brincar amanhã.
- Por quê?
- Porque o nosso corpo precisa de um tempo pras pilhas ficarem novas de novo.
- Por quê?
- Você lembra quando acabou a pilha do seu teclado e ele parou de funcionar? Com a gente é parecido.
- Por quê?
- Nós precisamos desse tempinho dormindo.
- Por quê?
- Para ter vontade de acordar de manhã e ter um dia cheio de atividades e brincadeiras.
- Por quê?
- Não ia ser muito chato ficar cansado o dia todo?
- Por quê?
- Você não ia nem querer ir ao bosque ou ao shopping ou a escola.
- Por quê?
- Não ia ter vontade de taaaaanto sono.
- Por quê?
- Por que o quê, Isaac?
- Por que eu ia ficar com taaaanto sono e sem vontade de brincar???

E a conversa continua...

Tá,
mas tirando o desespero materno, depois de tooooooodo o interrogatório, o problema é quando Isaac percebe que mesmo ele não querendo a noite existe e vai ficar lá até de manhã.
E ele chora.
Sentido.
Triste.
Chora, chora e chora.
E pede pra olhar na janela e ver se o sol já nasceu.
E chora.
E não há explicação que ajude.

Alguma sugestão, hein? Hein? Hein????

29 comentários:

Fabiola disse...

A minha tb quer explicação pra tudo!!!! aff.. chega cansa explicar tantos porquês, né?
E quando amanhece fala: "mamãe, papai do céu ligou o sol!!!"... ela adora quando amanhece! :)

Pequenos Mimos disse...

Eu ainda não cheguei nessa fase mas imagino que não deva ser nada fácil aguentar tanto pqs né?
O meu ao contrário do céu ama a noite, fica encantado com a lua e as estrelas,hehehe
bjs

Mirys + Guigo + Nina disse...

Carol: me mato de rir com você, mulher!!!

Graças a tudo, aqui em casa não rolou a fase dos "por ques", nem com um, nem com outro!

Quanto à lua... eu fiquei com muito medo deles não gostarem mais da noite (do escuro, de anoitecer, de viagens e de mais um monte de coisas) porque o acidente do pai tinha sido à noite. E, no dia seguinte ao velório, a Nina me perguntou: "mamãe, era de noite quando o papai morreu?" (respira, amiga... porque já passou, graças a Deus!). "Era, sim, filhotinha." Silêncio... Percebi que precisava falar algo, mas ela mesma já completou: "mas, de noite, tem a lua, que você adora, né mãmi?"

Então, eles a-do-ram a noite porque, de noite, tem a lua, a "preferida" da mamãe.

Tenta por aí! Diga pro Isaac que, de dia, tem o sol, o preferido dele; e que, à noite, tem a lua, a sua preferida (ou do marido, ou do avô, ou sei lá! Ache alguém que adore a lua!).

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

PS: desculpa a história triste, tá? Mas, sem o contexto não ia dar pra entender...

Angi disse...

Ai,sem sugestões!
E pensar que daqui um tempo, ele vai amar a noite, descansar,dormir...
Espero que alguém com uma super dica te ajude, e dpois nos conta o q q deu!
besos

Sara Lima Saraceno disse...

Carol, eu tenho uma dica para te dar... quando minha filha começa com os intermináveis "porquês", antes de acaber com minha energia eu falo "Não sei. Vá lá perguntar pro seu pai." hahahahahahahaha!! Passo a bola para frente mesmooooooo!!!
E se o papai não estiver em casa??? Ai eu digo "Não sei. Quando o papai chegar a gente pergunta para ele, pode ser??"...kkkkk!! Por enquanto, está funcionando...
Bjus
http://www.vivendoavidacomoelaeh.blogspot.com/

Naiara Krauspenhar disse...

G-zuz amiga!
Sofri só de ler...
Affff, não faço idéia de como te ajudar.
Derrepente se você inventar alguma atividade legal pra fazer com ele, que seja somente pra quando "o sol for embora"... não sei, talvez ele se anime... rs
Quem sabe um mini-telescópio pra admirar as estrelas? rs
Não seiiiiiiiii... hehehehe

BJos

Bianca disse...

Carol, seu filho é uma graça! Ri muito - desculpa.
É, quem disse que ia ser fácil, não é mesmo? Olha, amiga, a Luana é uma crinça extremamente inteligente e agitada. Eram eternos porques e eu me descabelava. Coloca ele em atividades fisics no fim do dia, pra dar uma cansada, quem sabe ajuda? A Luana começou a fazer capoeira com 3 aninhos. De lá pra cá sempre fez alguma coisa pra cansar no fim do dia, rs. Até hj faz jazz, pq senão eu não aguento tanta energia quando eu já to no ritmo de tomar banhozinho, bater um papinho light com a cria, fazer um cafuné e dormir. rs.
Bjs e boa sorte

Marcia Pergameni disse...

menina que situação né!! Meu sobrinho esta com 4 anos e tb esta nessa fase!!! E ele só parava qdo eu começava a retornar os porques pra ele!! Ele ficava tão irritado que dava tchau!! Ele mora no ES. looooonge e pergunta: Vovô mas porque você vai pra casa? Fica aqui comigo!

Camila disse...

Putz, Carolzitcha, difícil "contentar" o seu Isaac, hein?! Aqui em casa as crianças até aceitam a explicação de que o sol precisa descansar e dar lugar para a lua aparecer no céu (o problema é qdo não tem lua, coisa mais do q comum, vc pode imaginar), mas o bicho pega qdo amanhece um dia feio e cinza (tbem comum) e a Manu até chora: "cadê o sooooool??? Eu quero sooooool". Ser mãe é ficar explicando tudo o dia inteiro e agradando a cria, hein?!
Bjos, querida!
Camila
www.mamaetaocupada.com.br

Nine disse...

Vixi...eu só tive uma sessão de por quê até agora e achei que foi braba...mas essa sua...acho que vou ali me preparar para uma maratona que é bem mais fácil!

Beijos,
Nine

Tchella disse...

óinnnn lindo! qria abraçar ele qdo chorasse hihi

Mari Hart disse...

Ai meu Deuso, como ele é sensível!! Que fofo!!!! Por que eles perguntam tanto!?!?

Pq!??!?!?!?!

E depois dessa fase vem a fase do "vc sabia?" rsrs...aí é que são elas!

Bjãooo!!!

Patricia disse...

Carol,

que tal livrinhos, historinhas, filminhos que mostrem a lua e as estrelas? A música do rato do palavra cantada tem a lua e costuma ser sucesso entre as crianças. quem sabe ele não se anima de esperar a dona lua mais feliz?
quanto aos porquês, igual em casa.é fase. só passa com o tempo e muita paciência.

beijos

Simone disse...

haha. Ô gente... Menino do dia. Aceso que só.

Como Sofia aceita tudo (ou quase tudo) de primeira, eu não tenho sugestão pra tantos porques, Carolzita.

Bjs!!!

Micheli disse...

kkkk!
A Clara também está na mesma fase dos porquês. Só que de uma maneira um pouco diferente, logo vou publicar um post sobre isso. Cansa, mas também tem sua graça.
Mas ela, ao contrário do Isaac, adora a noite. Adora a lua e as estrelas. O problema é quando estamos no carro e não é hora de dormir, preciso que ela se aguente para chegar em casa, tomar banho e etc e ela teima comigo que já está de noite, pode dormir sim... Sabe aquela péssima hora para um cochilo (que ela praticamente aboliu de dia)? Aff. rs.
Um dia vamos ter saudades dessas fases... rs.
Beijos.

Dani disse...

Carol, sabe por que estou sempre batendo ponto por aqui? Porque nossos filhos tem quase a mesma idade...um mês, acho, de diferença.

E o meu está vivendo exatamente o mesmo momento dos interrogatórios sem fim. Na escola dele, estão trabalhando forte a construção da identidade. De eles se enxergarem como seres únicos dentro de um universo de vários seres, igualmente únicos. E pra essa questão do tempo, em especial, eles criaram um grande painel com as variações climáticas. Céu nublado, dia de sol, dias/noites de chuva, noite...e eles conversam no grupo o que podemos e o que devemos fazer em cada uma dessas variações. Com isso, o meu passou a compreender que em dias chuvosos não podemos ir ao parque e que a noite devemos descansar, dormir.

Diminuiu muito a ansiedade dele. Quem sabe vc se anima a tentar?

Beijos

Fabiana disse...

Que figura esse Isaac!!
E tadinho...
Lembrei da minha mais velha que disse certa vez do alto dos seus 3 anos "eu não gosto de dormir, mãe... eu gosto de viver!".
bjs
Fabiana
http://2-ao-quadrado.blogspot.com

Cin disse...

Olá acho seu blog muito interessante. Fiz um blog tbém recentemente, pois como mãe de um casalzinho lindo sou apaixoanada por essa coisa louca e mágica que é a maternidade. Gostaria de convidá-la para conhecer meu blog o qual irei tratar de diversos assuntos ligados ao universo infantil. Se puder deixar sua opinião será de grande peso pra mim. Bjao!
O end é:http://maenualdeinstrucoes.blogspot.com

Celi disse...

Carol,
Essa fase dos por quês é demais! Surge cada pergunta divertida, surpreeendente e, às vezes, inexplicáveis no momento.
Como o Isaac fez eu lembrar do meu filho. Qual é a idade dele? Sabe que meu filho Felipe também adora o dia e fica fazendo essa relação o tempo todo. Agora, está escuro! Hora de dormir! Agora de dia! Está claro!
Mas sabe que também ficava chateado quando começava a escurecer. Acredito que logo associava a hora de dormir rs Mas aos poucos, isso foi melhorando! Foi curtindo, por exemplo, admirar a lua e as estrelas. Experimente isso com ele! Conversar mais sobre como é o dia / noite. O que tem de bacana para fazer. Que tal montar uma cabana com lençóis? Colocar uma lanterna. Enfim, curtir o que dá para fazer também a noite.
Aproveitando também escrevi um post a pouco tempo atrás sobre os Por quês. Se quiser dar uma olhadinha, segue o link: http://vidaalemanha.blogspot.com/2011/03/fase-do-por-que.html
Um beijo.

Ana do Chá e Viagens disse...

Carol
e vc é mesmo muuuuito paciente! rs
Essa fase ia chegar, por aqui já estou até me preparando.

Qto ao segundinho, alias a segundinha, vou ter uma menina, e estamos no quarto mes de gestação, e vc não sabiaaaa, Carol Carol, tsc tsc... hehehe

TÔ tãooo Feliz

Bjinhos e bom restinho de semana.
Ana
www.anaeguto.blogspot.com

Karin Petermann disse...

A mamãe ainda não achou o botão onde liga o sol??? Só Deus tem o controle, diz pra ele pedir pra Deus.

Será que cola???

BJs

Karin
www.mamameecia.com.br

Juliana Doerner disse...

Eu nem me imagino nessa epoca.. realmente é uma loucura achar tantas respostas....

Como ainda não passei por isso não sei como ajuda-la,mas estou aqui já aprendendo com vc!

Beijos

Cin disse...

Oi Carol, adorei receber sua visita e tbém estou te seguindo. Quanto a sua pergunta sobre o fato dele trocar as letras R por L, qual é a idade dele? Nas minhas pesquisas para fazer o post li que até os 5 anos é normal essas trocas pois ainda estao com a linguagem em formação.
Bjao!

Flavia disse...

eita fasezinha porreta essa do porque. A gente já passou por ela, mas foi bem rapidinho, será que volta??

bjo

Coisas de mãe disse...

Crise da pequena idade!!!

TADINHO dele e tadinha de você!

Vai ter que descobrir umas coisas legais que só dê para fazer de noite. Talvez funcione!

beijos

Pati

http://coisasdemae.wordpress.com

Funny Paper disse...

Essa fase é mesmo muito engraçada! Haja respostas!! Como vc disse, eles estão mais preocupados em perguntar do que em ouvir a resposta...

Bjs

Sil

Sabrina Ândrea disse...

Paciência é tudo nestas horas,rsrss..
A minha filha de 2 anos e meio, está exatamente aqui nesta linha... dos "Porque", e é nesta fase que acontece muita coisa curiosa e engraçada, é meio mágico, é uma fase muita fofa deles, eu particularmente ADORO !!

Abraço !

Anne disse...

minha mãe usava o porque sim e não se fala mais nisso, ou o porque eu sou sua mãe...
infalíveis comigo mas desconfio que a criançada de hj é mais esperta do que no nosso tempo...
boa sorte...
:)

Bianca disse...

Oi Carol! Eu tb já passei dessa fase, hj em dia é "pq sim/pq não" ou "pergunta para sua professora amanhã pq o meu já está em um nível que eu realmente não sei os pqs...
Se vc tiver um globo terrestre pode de repente mostrar mais ou menos o esquema do sol, que o povo lá do Japão tb precisa do sol, rs! Olha, do jeito que eles são curiosos temos que estar preparadas para respostas mais pertinentes, rs! um beijo, ótimo blog.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails