quinta-feira, 28 de março de 2013

Síndrome do Locutor de Rádio dos Anos 50

Bem que eu pensei num nome menor pra tal momento da vida, mas não consegui.
E vá lá, né?
Sou radialista, locutora, apaixonada, tals....
Combinou.

Acontece que Isaac passou um tempão trocando os erres pelos eles.
Até dois meses atrás a cria não tinha jeito de acertar a pronúncia.
Aí eu marquei com Querida Fonoaudióloga.
Pedi ajuda como toda mãe desesperada e trabalhada no drama.
Dois dias antes da consulta Isaac saiu falando ra-re-ri-ro-ru como se nunca a dificuldade houvesse.
(valeu vovó Nilza pela força, com toda aquela história de paRaíso)

Cheguei na Fono com cara de tacho, mas ainda tinha um monte de duvidazinhas.
Isaac ainda não sabia que jeito juntaria o erre com outras consoantes.
GR, TR, PR, VR... tudo saindo meio estranho.

A Querida Fono nos passou uns exercícios.
Hoje, tempinho depois, Isaac já está craque.
Ou quase.

Acontece que desde segunda-feira ele aprendeu a soltar o errrrrrrrrre, com bastante ar, batendo a língua nos dentes.
(alô tia Perla! ele faz a moto, o carro e qualquer meio de transporte que você queira)
Logo, vivo numa viagem no tempo, ouvindo as locuções da Radio Nacional. Ou da PRG8, pra ser mais bairrista.

Abrrrrrraço, Irrrrrron, Carrrrrinho, Aprrrrrender, Pirrrrrrata.

E vamos que vamos.
...

Um comentário:

Simone Scalabrini disse...

rsrs, achei fofo!

Bjs!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails