segunda-feira, 21 de março de 2011

Mulher invisível

Não vou indicar filme.
Ã-ã.
E também não estou fazendo uma série de posts reclamões da vida, ok?
Eu ando meio sem graça, confesso.
Mas prefiro pensar que é uma fase.
Tá.
Mas quem aí, das cibermãezocas queridas, nunca se sentiu assim?
Não a Luana Piovani, mas A MULHER INVISÍVEL mesmo?!?!
Transparente. Nadinha da Silva em algumas ocasiões.
Eu não sei se é mal da idade, mas entre repetir um zilhão de vezes a mesma coisa pro Isaac e ser atendida vão aí mais que uma tonelada (se é que posso quantificar assim) de tentativas.
Haja paciência, desprendimento, amor e carinho.
A frase "vamos tomar banho", se acrescida do final "meu filho" passa a inexistir imediatamente.
E ganham o mesmo tratamento as variantes "vamos escovar os dentes", "trocar de roupa", "desligar a televisão", "almoçar/jantar/lanchinho", enfim, tudo o que é COMPROMISSO DA ROTINA.
Estava eu pensando essa madrugada - que acho eu é a única hora onde eu sou criatura exclusivamente pensante - que o ser humano começa logo alí, na infância, a renegar OU desenvolver a esperteza de empurrar/ignorar/se abster de algumas responsabilidades.
Aí cabe a vida e a criação e a experiência nos colocarem no caminho certo e no equilíbrio (ou prumo, como diria minha vozinha) de conseguir viver sem o demais pra nenhum dos lados.
Ufa.
E daí cheguei a conclusão de que é realmente uma delícia ter 2 anos e meio.
Puts!
Hoje, se ignoro minha mãe, como o fiz em alguns momentos da minha vida, quase morro/me mato de culpa e remorso, mesmo que seja pra coisas simples.
Se ignoro o fato de que o banho é essencial para eu deitar leve, limpa e feliz a cabeça no travesseiro todas as noites? Nem nem nem.
Escovar os dentes? Vital.
Tenho TOCs? Não sei. Não foram diagnosticados ainda, mas vá lá, vivendo e aprendendo né?
Ainda mais com um professorzinho saído de mim mesma...
Dá-lhe aula.
Dá-lhe aula de vida...

Ótima semana a todos nós!

25 comentários:

Camila disse...

Ás vezes tbem sou invisível tbem... quer dizer, nem tanto, pq para qquer pedido de tomar banho, almoçar, jantar e etc, recebo umas risadinhas desaforadas, Carolzitcha!! Mereço? Me irrito? Deve ser bem mlhor ser criança mesmo....
Bjocas,
Camila
http://mamaetaocupada.blogspot.com/

Kcau-Coisa de Garotos disse...

É difícil e frustrante.

Patricia disse...

100% solidária. Também ando invisível em casa (e nem pra parecer, nem de longe, a Piovani). Oh céus...

beijocas@@@

Renata disse...

EHEHEHEHE
Acredito que irei passar por isso, ainda. Haja paciência, não??

Mamãe pela 2ª vez disse...

A meu Deus isso esta acontecendo aqui em casa tbm,ontem quase surtei.
Marido até colocou Ubiratan para dormir,não aguentava mais ele pererecando o dia inteiro.
bjus

Mari Hart disse...

É fase e fase passaaa!!!!!!!! Eu não me sinto invisível, mas sinto que falo russo ou grego com as criança e marido, das duas uma! Não é possível!!!!!!

Boa semana Carol!!!! =)

Naiara Krauspenhar disse...

Ain, sei exatamente o que está passando e sentindo...
Mas se te serve de consolo, a fase "pior" aqui já passou.
Não que esteja tudo mil maravilhas, mas já está melhor... rs
Então segue firme, que pior não deve ficar... kkkkkkkkk
Ajudei nada né?

Renata disse...

Nem a pessoa mais tranquila do mundo consegue ter paciência o tempo todo. O André me ignora absurdamente, finge que não ouve - ME TIRA DO SÉRIOOOOOO!
E tomara que seja uma fase e que passe logo porque é uma fase chata demais...rsrsrs!
beijo

ACP disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dea, a mamae da Nina disse...

eu acho q as vezes to invisivel ate p mim pq a dedicaçao exclusiva a Nina me deixa assim as vezes.
Bjs bjs

Piruetando com Ceci e Lú disse...

Oi Carol,
Não sei se porque são gêmeas, nunca estou invisível, pois tem sempre uma me vendo, nem que seja para espertamente dizer: Mãe, daqui a pouco minha irmã vai, ela agora tá ocupada, é mole?!? Sempre digo ser Mãe é a Melhor coisa deste mundo, mas a que dá mais Trabalho (físico/intelectual) também, haja paciência!!!
Beijos

Ioly a dona do verdades... disse...

Ai Carol, acho que toda mãe tem um pouco de mulher invisível.
E claro, não fujo ao tipo.
E como falou, a maternidade também é uma escola abençoada.
bjk

Sarah disse...

Carol, também sou invisível!!! Ontem mesmo reclamei com marido que preciso falar 903478141 vezes a mesma coisa pro Bento, principalmente as relacionadas à rotina. "Vamos tomar banho/comer/trocar de roupa" são repetidos exaustivamente... Não sei aí como é, mas com o papai muitas vezes vai mais fácil!
bjos!

Piruetando com Ceci e Lú disse...

Resolvi dar continuidade ao blog das meninas, então se quiser dar uma passadinha por lá, ficarei feliz. Beijos

Karin Petermann disse...

Ahhh não está sozinha nesse barco amiga, meu filho tá com 1 ano e 3 meses e ele faz a mesma coisa... sai correndo quando digo pra trocar a fralda ou a roupa...
As vezes fico num veneno, saio correndo atrás dele brincando que eu vou pegar ele... quando eu pego ele ri que se estraga...

Não gosto disso, mas como não fazer assim?? Oh dúvida cruel!

Sem contar as vezes que simplesmente deixamos de existir... sem manicure, cabeleireiro, sono... etc etc etc...
Enfim faz parte da arte maravilhosa que é ser mãe!

Beijos

Karin
www.mamaeecia.com.br

Lud Aquino disse...

Oi eu uso umas dicas pra fazer o meu filho tomar banho, comer e até escovar os dentes... Pra tomar banho eu falo q vamos lavar o pé, ele adora esfregar a bucha no pézinho... então vai correndo, pra escovar os dentes eu "escovo" os dentes da vaquinha de pelucia dele e para comer agente vai cantando... assim td se torna uma brincadeira e eu não fico falando sozinha!!!
Bjs boa semana!

Ana disse...

Hehehe
Ontem mesmo eu tava nessa ladinha com o Lucas quando fiquei muda de repente. Marido veio me pergutar o que ouve. Eu vi como me tornei aquela mãe chata que eu tanto reclamava... ai ai

Anne disse...

eu estou do outro lado da moeda total... não não ele não me obedece, nada, nunca. ele é um maluquets...
mas eu sou a mulher outdoor.
ele me v~e de longe, sente meu cheiro, me caça pela casa toda.
não posso fazer xixi, não posso fazer cocê, não posso tomar banho.
não trabalho direito, não durmo.

acho que vou ter que falar sobre isso no super. vou te usar de escada... umas querem ser vistas outras estão com vontade de dar uma sumidinha!!
bjo

Mi Satake disse...

Carol,
Com certeza é delicioso ter dois anos e meio.
E q bom q, apesar das travessuras, nossos pimpolhos são mega saudaveis e por conta disso, nos estressamos e corremos atras deles o dia todo rsrs!

Bjão

MuitoCriança disse...

Querida Carol já chegou um pouquinho da nossa coleção de outono/inverno. Espero que goste, um super beijo mãe da M.C.

Déia. disse...

oi querida, saudades de você, viu!? quanto tempo não passo por aqui. E olha, lendo seu post acho IMPOSSÍVEL, alguem nesse nosso mundo não ter passado por fase como esta.
Eu ja passei milhaaaaaaaaaaaaaaaares de vezes e sei que ainda terão várias outras iguais.
Menina, essas crianças nos tiram do sério mesmo... Matheus finge não existir em alguns momentos e simplesmente ignora qualquer frase minha que vá em sua direção. Aff. Ser mãe é padecer no paraíso!
Beijocas e boa semana pra vc.

Aracéli e Paulo Carneiro disse...

Ser criança é tudo de bom...
Eles fazem um monte de coisa errada mas acabam nos ganhando com um sorriso gostoso e um pedido de desculpa...
Voltam a fazer coisa errada... E tudo continua...
Nos ignoram sem culpa... E nós?
Dá pra ignorá-los???
É complicado ser adulto né? E mais ainda, ser mãe!!!
Beijocas... E óh! Não tinha pensado assim, mas tb sou meio que invisível aqui em casa... Agora, por exemplo, tô pedindo pro maridão tomar banho logo, antes que durma... E pergunta se ele foi?!?!?

Nine disse...

Ser invisível para as coisas "chatas" do dia a dia tb está virando rotina lá em casa. A danada da Ísis finge que nem me escuta, pode?

Li os seus textos sobre a conversa com a professora e o "causo" do cadeirão...já tive a Ísis na escolinha numa fase em que ela não falava, mas sempre acreditei na conversa com essas cuidadoras que passam praticamente todo o dia com filhos da gente. Que bom que a conversa te tranquilizou, tanto sobre o fato do Isaac não ter mentido realmente, quando sobre o comportamento dele na escola.

Beijos,
Nine

RECOMADRES disse...

Amiga querida,
Desculpe a ausência...estou tão enrrolada e sem tempo até pra pensar... passei por aqui pra matar as saudades, deixar muitos beijinhos pra você e Isaac e pedir que não me esqueça e nem abandone...eu volto sempre que der.
Beijocas corridas,
Cris João.

Juliana Dalzoto disse...

Ai, tb queria ter dois aninhos e ignorar minha santa mãezinha de vez em quando, bem como os ttos "deveres" rotineiros... coisa boa mesmo!!!!

Deixa ele, Carol! Só um pouquinho ;) Logo ele vai crescer e não terá escapatórias!

Mil beijocas
cheio de saudades!!!

Ju

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails