quarta-feira, 23 de março de 2011

As verdades da vida... ou do começo dela


Três vivas ao caprichoso e querido Doutor Obstetra!
Outros tantos ao ponto plástico e as maravilhas da medicina moderna que deixaram uma cicatriz quase nenhuma, um fio gravado no meu ventre.

PAUSA
Olha lá hein?! Não estou pregando aqui que todos os bebês venham ao mundo através de cesáreas. Isaac nasceu assim porque tinha que ser. Deixo claro que admiro todas as mães, seja lá de que jeito pariram seus filhos, jeito natural, cirúrgico ou mesmo na fila da adoção.
DESPAUSA

E essa semana, num dos divertidos banhos de banheira que tomo com o meu filho, eis que a surpreendente percepção infantil me dá mais uma daquelas rasteiras.

- Mamãe, o que é isso?

Lá estava o dedinho apontante pras minhas partes íntimas. Coisa que acontece e eu respondo com naturalidade.
Mas a cria não estava exatamente perguntando sobre "aquilo".

- Nãããão, mamãe... Isso!

Os dedinhos continuavam apontando.
E eu, tentando entender/responder ou de alguma maneira me livrar daquela situação, respondi:

- Pêlos.

E tomei:

- Não. Manhêeeee. Iiiiiiiisso....

O iiiiiii acompanhou o dedinho indicador que percorreu direitinho a cicatriz da cesárea.
E eu, sem nem pensar nas consequências da resposta...

- Foi por aí que você saiu da barriga da mamãe.

(Tá, engrossem o coro junto com a minha consciência)

Óóóóóóóóóóóó!!!!!

PAUSA
Lembrem aí que tenho um filhote aficcionado por todas as versões TrêsPorquinhísticas existentes no planeta. Conta "Chapeuzinho Vermelho" de trás para frente. E agora adotou o livro "O lobo e os sete cabritinhos" onde a dona cabra muito brava tira os filhos da barriga do canis lupus e o recheia de pedras. Todas as obras muito bem contadas e onde o corte da barriga do lobo é relatado com maestria.
DESPAUSA

E daí???
E daí que percebida a m... feita eu tratei de transformar rapidamente tudo na coisa mais linda e fantástica (e foi mesmo) desse mundo.
Contei sim que o Querido Doutor Obstetra deu um remedinho e a mamãe sentiu a maior felicidade do mundo em vê-lo pela primeira vez fora da barriga.
Resultado?
Passamos horas no melhor pós banho EVER, vendo e revendo e revendo e revendo toooodos os álbuns e scrapbooks da gravidez, do parto, dos primeiros dias, das primeiras férias, do tudo do Isaac até hoje.
E aos poucos entendendo, eu e ele, a intensidade que tem isso tudo.
Todo dia.
Toda hora.
Cada segundo.


PS: Hoje estamos mais uma vez lá no BLOG VOE GOL, contando sobre as aventuras do Isaac nas alturas! Acessem e comentem!

21 comentários:

Beta, a mãe disse...

E eu que fiquei com uma cicatriz HORROROSA, e a Bia fica toda curiosa em saber o que é, olha, mexe, mas ainda não me perguntou e eu me faço de boba, enquanto esse momento não vem. Beijos

Ana disse...

Ufa! e no fim todos se salvaram. Rs
Lucas me diz que estava na minha barriga mas ainda não perguntou como saiu. E não foi cesaria... ai ai
Beijos!

Cleide Ana Rota disse...

E bota intensidade nisso! É inexplicável esse laço que une uma mãe e seu filho... Estarei sempre aqui; beijos com carinho.

Re disse...

Que legal..acho a curiosidade das crianças algo magico e acredito realmente, que devemos sempre dizer a verdade, da forma mais simples, sem rodeio..e foi o que vc fez, parabens...agora ele sabe como foi muito magico o momento que ele nasceu. Bjs

Renata disse...

Eles perguntam TUDO, não tem jeito. Por essa ainda não passei...rs!
beijos

Mari Hart disse...

Carol, Pedro sabe que Stella saiu da minha pereca, kkkkk, e ele o Leo o médico teve que abrir minha barriga p/tirá-los! Ele sempre fala isso!!! Coisa mais normal do mundo e é assim que deve ser tratada, como vc fez, naturalmente!

Ele amam ouvir histórias de qdo eles eram bbs né!? é tão fofo!!!

Bjkas!

Nine disse...

As crianças são curiosas, né? E sempre se apegam nos detalhes, oras bolas!
Lá em casa basta me ver sem blusa que a Ísis já fala "os peitossss" e vem com as mãozinhas para pegar.

Dia desses depois do banho reparou NELA e eu disse que era a "pepeca" (não vale rir do nome, em?) e ela de pronto colocou as mãos em sua própria e me saiu com uma frase do tipo: mamãe e Ísis tem pepeca, hahahaha.

Quero só ver o que ela vai dizer quando o dito cujo do pai lhe chamar a arenção!
Beijos,
Nine

Lia disse...

Eu também lembro a primeira vez em que notei a cicatriz da minha mãe. Só que eu já era maior, já entendia mais as coisas. E por aquele buraco saíram quatro...

Juliana Dalzoto disse...

Sempre encontramos uma maneira de contar a verdade verdadeira sem assusta-los sem necessidade. A curiosidade infantil é interminável, por isso, sou muito fã das respostas certeiras, por mais estranhas que possam parecer para eles, tão pequenos, mas tão inteligentes!!!!!

Como sempre, neh Carolzita, vc saiu muito bem, e de quebra, teve momentos maravilhosos relembrando tudinho tudinho com o filhão!!! :-)

Isaac é mesmo tudo de bom!!!!

* E eu ADORO essa foto do post. Posso copiar quando estiver na minha segunda gestação??? Prometo te dar os créditos, hehehehe

Super beijos
Ju

Lu Azevedo disse...

Acho tão linda esta fase de descoberta de onde vieram... Por aqui tambem estamos sempre vendo os albuns de gravidez, dele pequeno e sua carinha de fascinação é de se emocionar.

Uma vez ouvi que algumas crianças ainda novinhas conseguem se lembrar de qdo estavam no utero. Uma colega perguntou aos filhos o que tinha lá. Um disse um baú cheio de brinquedos (rsrs) e outro disse que de repente ficou tudo frio e claro (o nascimento!!!). Já perguntei pro Nic, mas ele parece não se lembrar - pelo menos não conscientemente, ou não sabe expressar. Tenta perguntar pro Isaac pra ver o que ele diz!

Beijos,

Lu

Micheli disse...

Que legal, Carol!
Eu já passei por essa fase deliciosa de contar tudo sobre o nascimento da Clara e rever seu álbum de fotos, é mesmo um momento maravilhoso! Até hoje ela conta para todo mundo super empolgada que nasceu da barriga da mamãe, mostra as fotos dela pequena e ainda se diz tão bonitinha! kkk! Contei isso no blog um tempo atrás, lembra? Muito gostoso mesmo!
Já a minha cicatriz ficou feia, porque eu tive quelóide (sei lá como escreve). aff!
Beijos.

Sara Lima Saraceno disse...

Às vezes a criança entende as coisas mais do que a gente imagina...rsrsrs!!

Já tem tempo que eu contei para minha filha que ela saiu da barriguinha da mamãe (teve um prjeto 'Quem sou eu' na escolinha), mostrei a cicatriz (finíssima também) e ela aceitou numa boa, especialmente porque eu disse que, à partir dalí, a médica me deu minha filhinha, pra gente ficar juntas para sempre!
É só romantizar que eles adoooram!!
;)

Camila disse...

Viva o Doutor Obstetra! Viva a curiosidade infantil! Viva a mãe que se saiu tão bem diante de tamanha saia justa...
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

Anne disse...

hahahah
mas o que vc podia dizer?
isso é uma marca de um segredo no corpo da mamãe?
hahaha
bjo

Ivana (Coisa de mãe) disse...

Adoro essa curiosidade infantil e mais ainda as respostas mirabolantes que as vezes temos de criar na hora! Muito fofo o Isaac e a cicatriz foi um ótimo pretexto para mais um momento a dois, né? Linda troca!

Bjos!

Tathyana disse...

Eu acho ótimo esses momentos de curiosidade. Pra mim explicar a cicatriz é o mais light, mas Alice fica apavorada e fala que NUNCA vai casar e ter filhos porque não quer ter a barriga cortada. E dá-lhe psicologia para amenizar o terror.

Ps: a minha tmb ficou fininha que quase não dá pra ver.

Fabi disse...

Que saia justa, hein, Carol!!! Mas com uma saída de mestre :) É maravilhosa a ligação entre mãe e filho, né. É algo que não dá pra explicar, só sentir. Tem selinho pra você lá no meu blog, viu. Precisa me visitar pra pegar, ok. Beijos da Fabi.

Juliana disse...

Adorei o texto, só pra variar né, gosto de tudo que tu escreve, rsrsrs. Me deu uma vontade de ver minha gordinha crescida pra vivermos esses momento também, aiaiai.

Sarah disse...

Hahahahaha!! Fiquei imaginando a carinha do Isaac ligando a cicatriz da mamãe com a barriga do lobo!! Mas que legal que vc foi rápida Carol, conseguiu fazer dessa situação um belo momento de aconchego!
bjos!

marianadb disse...

Ai, que espertão esse Isaac!
Quando comecei a ler o post fiquei imaginando se ele teria ficado chocado ou algo assim. Wuahaha, A louca.
bjins
Mari
www.maedarua.com.br

Suélen Thábata disse...

Nossa q legal! Seu filho é mto esperto! A minha cicatriz ficou assim tb, bem fininha... no começo, pq 10 dias após a cesárea, o ponto criou um granuloma (é assim q fala mesmo?) e ficou meio estranha...
Não vejo a hora do Pedro observar isso tb! kkkkkk

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails