Lilypie Fifth Birthday tickers

Lilypie Fifth Birthday tickers

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Revivendo. Parte 10: As fases do "bico"

Nada melhor que um flashback pra embalar o final de semana...
E a queridíssima Tchella , do Cup of tea and cake, (com sua super descoberta do esterilizador portátil de chupetas) despertou aqui dentro as fases bicológicas que tive desde que soube que estava grávida.
Básico, mãe tem fases como a lua (sei que tirei de algum poema ou música...), e elas vem e vão numa loucura danada.
Fácil fácil a gente mudar de idéia, esquecer o que disse e sorrir pro que antes disparava o choro mais soluçento do mundo.
Como pra mim BICO NÃO É SÓ CHUPETA, viu Tchella, vou falar aqui de todos os bicos que reinam sobre a minha existência desde o positivo.

- Logo que engravidei, doutorzinho querido já me veio com duas pomadas pra "preparar" o bico do peito pra que filhote não tivesse dificuldades pra se alimentar.
Fato: Passei horas espremendo, apertando, girando, me contorcendo e urrando de dor (dependendo de cada fase da gestação, claro Clóvis...)
Beleza: Super funcionou. Não tive dores durante a amamentação, bico não rachou, sangrou ou incomodou.

- Isaac nasceu pequeno e até ganhar forças pra sugar tudo o que meu corpo oferecia, fiz a alegria de outros babies que dependiam dos estoques do Banco de Leite Materno aqui da city.
Fato: Passei hoooooras na ordenha. Manipulando os bicos. Apertando, apertando e apertando. Depois armazenando, congelando e doando.
Beleza: Foi uma das melhores coisas que fiz como mãe. Já que ser mama é doar-se, pensar no próximo e integra-se com as necessidades de todas as outras crianças do mundo. (E ser exagerada também...)

- Meu filho é bicudo.
Fato: Confesso, puxou pra mim (né, maridex?!?!). Faço bico mesmo. Pra comer, pra demonstrar carinho, satisfação e brabeza.
Beleza: Tem coisa mais gostosa nesse mundo que biquinho de criança????

- Os bicos da mamadeira. Existem mais opções de bicos de mamadeira disponpiveis no mercado hoje do que George Lucas poderia imaginar.
Fato: Com o fim da licença maternidade e os suquinhos entrando na dieta, penei um tanto (me descabelei até) pra que filhote escolhesse um e se apegasse a ele.
Nem tão beleza assim: Demorou, viu? E foi meio que na marra, deu certo. Mas até aí o que eu ouvi de pitaco, opinião, palpite, conselho e pentelhação........

- Bico ou chupeta, como quiserem... Quando falavam pra mim sobre eu era tirana: NÃO, NÃO E NÃO!
Fato: Isaac pegou o dedo. Chupava tão forte que eu acordava com o barulho de madrugada. Lembrei do meu irmão usando aparelhos horríveis pra corrigir o que a chupação de dedo fez com a boquinha linda dele.
Beleza. Será?: Pediatra receitou e lá foi esta mama correr atrás do modelo de chupeta que filhote aceitasse. Lógico que Isaac gostou daquela mais vagabundinha, comprada na vendinha como última opção. Antes eram usadas só pra dormir, agora ele pega qualquer uma, suja ou limpa e pede o dia todo.

- Esterilização dos bicos. Regra básica da higiene que passa por fases também, dependendo de tempo e sanidade maternal.
Fato: No começo toda chupeta era limpa. Esterilizada, fervida, analisada. Depois de um tempo, só uma passadinha pela torneira, aguinha corrente. Mais adiante, uma passadinha na fralda e tals. Com pequeno cheio de vida, correndo e pulando aí é que a coisa fica mais relaxada. Primeiro que você nem vê todas as vezes que a chupeta foi pro chão ou foi passada em algum lugar. Já que as crianças usam a chupeta como um tipo de sensor, uma extensão do corpo e dos sentidos. Depois que, dependendo do lugar e suas condições de higiene... uma assopradinha resolve qualquer problema.
Beleza pura: Cuidado é bom, recomendo e tenho muita atenção com a saúde do pequeno, mas chega certo momento que essa desencanação acontece naturalmente. Crianças tem sim que ser bem tratadas, mas sem neuras.

- Bico de canudo.
Fato: Quando Isaac aprendeu a usar canudo, somado a regulamentação da Anvisa que obriga canudinhos embaladinhos separadamente, a vida ficou mais colorida.
Beleza: Não ter que carregar copinho, chuquinha e tals pra um passeio ajuda e muito. Não ter que ficar passando suco, água e tals de um recipiente pra outro, a glória. Não ter copo/chuca sujo vazando na bolsa, vitória.

- Distanciando dos bicos. Filhote cresceu.
Fato: Está na hora de pensar em tirar os bicos de nossas vidas. Estou a procura do copinho de transição mais bacana e as voltas com a decisão de quando e como (Oh vida! Oh céus!) tirar a chupeta do Isaac.
Belezinha....: Acredito que com a mamadeira vai ser mais fácil, já que filhote adora um copinho diferente, mas a chupeta... ai, ai, ai

E eu tô aqui agora, bicuda, porque tô escalada pra cobrir festa de aniversário da cidade em pleno domingão.

Bom final de semana!
Bjo, bjo, bjo.

21 comentários:

Micheli disse...

Eu tb só deu chupeta pq a Clara pegou o dedo. Mas demorou muito para ela aceitar, só fez isso aos seis meses. Mas sempre foi só para dormir, ela antes trocava pelo peito e já jogava no berço, dormindo. Mais tarde se a via a pagava, vez ou outra. Vi que estava crescendo e o vício poderia aumentar. Então fui explicando que a chupeta era só para dormir. E até hj ela mesma diz isso e rapidamente a joga ou nos dá para guardar ao acordar. Não vejo muito apego. Porém, também não vi disposição em largá-la na hora de pegar no sono... Ou qdo acorda de madrugada 9que boa parte da noite ela já tinha largado e nem percebido), damos a chupeta e sono segue.
A mamadeira já se foi, com o copo de transiçã. Não foi difícil, pois só era usada para leite e não usou tanto tempo assim. Porém tive de achar um copo "mágico" para que tudo fosse perfeito. rs.
Estou doida para eliminar a chupeta. Temos conversado, mas acho que perto do aniversário e com uma nova boneca (quem sabe aceitar dormir com uma, até agora nada) ela aceite dormir e trocar pela chupeta... Será? Ai, ai.
Clarina tb faz bico. Hj muiito menos que qdo era bebezinha. Que saudade! E, no caso dela, puxou o bicudo do pai. rs.
Saudades dos seus comentários no meu cantinho!
Beijos!
http://tagarelicesepensamentos.blogspot.com/

disse...

aaaaai que sufoco tirar a chupeda da Nina, nao consegui, me rendi. E apelei para: "você já é mocinha pra usar pepeta" e "fica feio pepeta na boca de mocinha" ou então "agora pepeta só pra dormir, okay?". Resultado: toda vez que pede a chupeta fala que está com sono, ou então esconde a chupeta quando está em local público.

Humn. não ta sendo fácil.

Ser mãe é viver constantemente feliz! disse...

ah! eu queria tanto estar exercendo a profissão como vc! aproveita!...o Rafa é engraçado , na escola não usa chupeta, guardana mochila quando chega lá, mas é só sair do escola que já pede e em casa usa direto, vai entender! bjus

Geovana disse...

oi querida nossa adorei teu post, falando sobre bico e afins hehehe...bem eu não sei nenhuma dica pra tirar o bico dos babys, pois o Caio não quiz saber, ai fez do mama do peito o bico, nossa foi um sacrificio tirar o peito dele, consegui lá pelos 3 anos e meio, agora a mamadeira ele gosta ate hoje, ele tem 7anos hehehe...Já a Mariana, chupou bico ate os 4meses, deixou do nada, continua mamar no peito bastante e adora uma mamadeira hehehe, ela tem 1 ano e quase 10 meses...
bjs!!! Adorei o blog, vou linkar ele na no meu, ah a gente se fala pelo twitter hehehe @jocenteno

Juliana Contezini disse...

Minha filha tem 1 ano e 4m, e estou começando a pensar no assunto...minha dentista disse q o "dead line" é 2 anos, mas ela tirou dos filhos dela com 1 aninho, pois achou mais fácil, já que eles não sabem pedir e esquecem mais facilmente tbém...
Só que a bendita da chupeta/bico/coca/bicoca faz um bem p/ família né...meu marido até brinca, q vai comprar Champix(remédio p/parar de fumar) p/ Julia largar a chupeta...
Sorte p/ nós !!!

Sarah disse...

Muito bom o post. Também acho que será bem mais fácil tirar a mamadeira do Bento do que a chupeta, que ele também tem pego mais do que deveria. Muitas vezes eu tiro, e durante o dia vai bem sem ela. À noite é que são elas...
Boa sorte aí nos bicos em geral, e bom trabalho no domingo (afe Carol, ninguém merece...)!
um beijo

Karin Petermann disse...

Ana, me identifiquei muitoooo com esse seu texto viu! Nossas.. mãe é fase de lua mesmo! T-O-T-A-L... :D
fico pensando se eu vou conseguir tirar a mamadeira... as vezes tenho minhas dúvidas!
Boa sorte nas técnicas... e lembra de compartilhar com a gente... pleaseeee!!!

beijosss
Karin Petermann
www.mamaeecia.com.br

Ana - Viajar é tudibom! disse...

Oi Carol, tudo bem querida?
Amei a forma que vc conduziu esse assunto, o Pedro Augusto começou a chupar bico com quase 03 meses, graças a minha cunha querida que tentou todas as opções imagináveis de modelos e cores, pra resumir ele pegou aquele de borracha bem chulinho de 1,99 como o Isaac, hehe
Na verdade, foi uma boa pq iria passar por uma cirurgia e a medicação escrotaria no leite, entonces... bico do peito teria que ser descartado e a chupeta veio á calhar!
As situações da chupeta suja é bem real como vc escreveu, eu dou uma "chupada" antes de por na boca dele, boca de mãe esteriliza tudo não é? rsrsr eca - será?! rsrsrs mas é real!
Hj tenho notado que ele quer ficar + tempo com o "gole" na boca, mas costumo dar somente á noite para dormir, isso qdo acho, pq menina do céu, tenho coleção deles, mas na hora H eles fogem da minha vista! hehe
Maridão fica doido por ele o menino passava o dia todo com bico na boca! - esses homens!!! rs

Bjinhos e assim que dá sempre estarei por aqui!
Ana

Renata disse...

adoreeeeeeeeeei o post dos bicos! muito bom!
E que esterelizador portátil é esse, meu Deus? Preciso conhecer. Eu sou tão lesada que já derreti as chupetas da Nana 3 vezes fervendo no fogão...rsrsrs!
beijinhos

Kah disse...

Tem uma coisa lá no blog para você. Cof

Eu não acreditei no obstetra quando ele disse que era necessário preparar o peito, me dei mal! Sofri horrores para deixar de ser besta. hahaha
Ordenhei litros também, mas não doei. Aqui era muita frescura e eu não tinha como fazer tudo que eles pediam.
Não usamos chupeta aqui em casa... Mas eu usei quando pequena e acabei largando por conta própria... Pelo que lembro, joguei no caminhão do lixo... rsrsr

Beijão

Tchella disse...

hahahaha muito bom!!! amei!! e realmente acho que é bem isso, no inicio a gnt esteriliza e tal, depois nem liga mais, o guri já sabe ele mesmo juntar do chao e por na boca, hahaha... e pra tu eu penso: minha mae me criou sem nada disso e eu to aí, melhor impossivel... quaaaanta frescura! É frescura, eu sei que é frescura, mas compro... tá nao todas que eu nao sou nenhuma loka, hahaha, mas tem coisas que eu confesso: f-r-e-s-c-u-r-a

tem coisas que eu já compro pensando: tenho certeza q eu nao compraria isso na proxima gravidez... hahaha... vai entender nossa cabecinha!? hehehe

bjus

Roberta Lippi disse...

Excelente post, adorei! Sabe que tenho ouvido muuuitos casos recentemente de pais que se recusaram a dar chupeta e o bebê começou a chupar o dedo. E o pior é que, em alguns casos, eles tentaram então dar a chupeta mas a criança não quis porque achava o dedo mais divertido.
Agora quanto à chupeta, estou nessa fase. Consegui tirar a chupeta de dia, porque qdo eu engravidei a Luísa grudou na dita cuja. A da noite ela prometeu que vai entregar pra Branca de Neve na festinha de aniversário dela. Detalhe: a festa será amanhã.
Depois eu conto no que deu... rsrsr
Beijos

Nutrição e Cia disse...

Carol são realmente muitas emoções entre bicos e mamadeiras. Eu tive que oferecer vários copinhos ate a fofa se adaptar com algum. Já a peta realmente essa é uma outra estória. Acho que é como fumar um cigarro, sabe acalma eles. Não que eu seja fumante (bom já fui a uns 15 anos atras), só pra comparar. É miga uma coisa de cada vez. Bjs

Camila disse...

Olha, nunca tinha pensado no quanto que o assunto "bicos e chupetas" rende... Os meus filhotes têm mania de morder bico da mamadeira e das chupetas, outro dia fiz uma limpeza e joguei QUASE tudo fora, tamanho o estrago... Mas, frescos que são, nada de bico e chupetas baratinhos e vagabundinhos... O meu "financeiro" não agradece nadinha... E eu fico na mesma ladainha: "não morde a mamadeira, o copo, a chupeta...."
Bjos,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

Chris Ferreira disse...

OI Carol,
adorei reviver essa fase dos bicos.
Nossa eu fiz loucuras para ter bico no peito. Dedal, seringa ao contrário, etc... Ai Jesus, passei por cada cena bizarra.
E esterelizar? Um dia estava tão exausta que esterelizei as minhas mãos.
Perdi as contas de quantos bicos de silicone eu derreti na panela.
Enfim, muito bom reviver esses momentos.
Ah, fica bicuda não. Sei que é ruim trabalhar em pleno Domingão. Mas se ficar de bico vai ser pior, não? Tira o bico e coloca um sorrisão (mesmo que amarelo).
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Ana disse...

Trabalhar domingo é osso mesmo.
Mas aproveita que é festa da cidade, deve estar cheia de mãe com os filhos, e faz uma enquete de como tirar a chupeta. hehehe
bjs

Milla Muglia disse...

Ei Carol! Sou super a favor da chupeta, quando criança chupei dedo ate os 7 anos e também usei aparelhos e garras na boca, muito tenso, a formaçao da minha boca foi muito afetada!!!Hoje sou normal!!!
Mas vou ficar de olho no meu filho que graças a Deus usa meu peito de chupeta!!!
Bjins!!!

Mariana - viciados em colo disse...

Ai Carol,
aqui foi ao contrário. alice largou a chupeta e depois largou a mamdeira.
foi assim: ela já tinha dois anos e meio quando combinamos entregar a chupeta e papai noel (ela inventou isso e eu dei corda). Chorou bem pouquinho na primeira noite. Acho que foi fácil pq ela TEM um objeto de apego - uma boneca de pano que a acompanha desde 4 meses... soneca!

A mamadeira só tirei quando ela fez três, depois e tomar o maior pito da pediatra. Tentei antes, mas alice só tomava leite na mamadeira, não tinha copo, canudo que ela gostasse. A ped disse que eu estava prendendo alice numa fase, que eu não queria que ela crescesse.

Tomei um baque: eu não estava apoiando minha filha o suficiente para ela crescer. Daquele dia em diante ela não tomou mamadeira. Passou um tempo sem tomar leite (usava queijos e iorgurtes) até que resolveu usar canudo... é assim até hoje!

Espero que dê tudo certo aí - acho que dois anos é realmente o limite. depois é mais difícil...
Beijoca

keyla disse...

Que delícia de texto Carol.. dá para imaginar como foi cada etapa.
Eu sou super a favor da chupeta, quando tiver um bb vou ser daquelas que tem estoque (antes que me taquem pedra, vou explicar). Minha mãe não era muito a favor da chupeta e claro que eu conheci meu super delicioso dedo e sempre o usava para dormir e em outros momentos durante o dia (achavam bonitinho no começo, depois nem tanto)... e diferente da chupeta, dedo não dá para tirar, né? Resumindo, até hoje, com 32 anos, dependendo do grau de sono ou carência, tenho que me segurar para não tacar o dedo na boca, se bem que continua tão bom qt antes.. hahaha!!

Boa sorte na tirada da chupeta do Isaac, ainda bem que não foi o dedo, senão agora vc estaria doidinha.. hahaha!

bjos

www.vidademargarina.com.br

Carol P disse...

Adorei o comentario da esterilização dos bicos, o fato, eu ia lendo e parecia que eu mesma tinha escrito.
Otimo !!!!!!

Coisas de mãe disse...

OI CArol, que post bacana! Não tinha lido com calma, mas adorei. Na verdade ajudaria muita mãe a passar os 2 primeiros anos de vida de qq filho!!!

O Pedro nunca quis chupeta, a Luiza adora, mas só para dormir!!

Daqui a pouco preciso começar a pensar em tirar!!

beijos

Pati

http://coisasdemae.wordpress.com

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails