sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Do financeiro

Isaac resolveu que queria um brinquedo.
Uma fortuna.
E daqueles que a gente sabe que vão durar dois dias e logo serão esquecidos.
Bom,
então resolvemos usar o tal brinquedo para mostrar ao Isaac que se deve juntar dinheiro para comprar algo.

Forma lúdica, sem complicações.
Tá.
Logo, nomeamos as notas com os animais que elas carregam:

- 5,00 - garça
- 10,00 - arara
- 20,00 - mico
- 50, 00 - onça
- 100,00 - garoupa

até aí tudo lindo.
Mas acontece que o bendito brinquedo custava 4 garoupas (afe!) e nós explicamos que se ele economizasse, guardando as moedas e notinhas que conquistasse, um dia compraria o que quisesse.

(enfim, a esperança era que, até que uma tonelada de moedinhas se transformassem em quatrocentas pilas, a vontade da vez já fosse outra, mais útil e interessante)

Então se pôs Isaac a calcular animais.

- Mãe! Quantas araras dão uma garoupa?

E eu passei dias fazendo contas. Em números e animais.

Mas Isaac ia além e perguntava para quem bem entendesse, quantas garoupas a pessoa tinha nos bolsos.
Uma coisa.

E ele manteve firme o propósito.
Até que ganhou o tal brinquedo de um avô babão.
Ficou feliz.

- Agora posso gastar minhas moedas em outra coisa.

Mas aí é que colhemos os frutos.
Outro dia perguntei se ele pensava em gastar o dinheiro.

- Não mãe, ainda não tive vontade de abrir meus cofrinhos.

...

Um comentário:

Bruna Gabriela disse...

Putz, fico imaginando quando essa fase chegar aqui em casa! Rsrs
Vou seguir o exemplo! Rsrs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails