quinta-feira, 19 de julho de 2012

Não é ele que decide, eu sei.

Mas pesa.
E a cada dia que passa, a opinião do Isaac vai ganhando mais peso.
Lógico que cabe a ele decidir algumas coisas como que brinquedo quer pegar, que fruta vai comer, se prefere cinema ou parquinho, mas as questões adultas são exclusiva dos adultos desta casa.
Mas como Isaac é ser componente desta família, tem ideias próprias e personalidade marcante - e assim o respeitamos - nós ouvimos tudo o que ele tem a dizer.
Ou a gritar, dependendo da fase birrística do momento.
Como no caso do irmão.
Claro que ele tem a opinião dele.
Claro que ele avalia, dentro de suas percepções, o que um irmão representa.
Óbvio que se sente ameaçado.
E é compreensível.
E louvável que coloque suas expectativas e frustrações pra fora.
Estimulamos que ele exponha seu ponto de vista, exerça o que lhe cabe dentro da sua já experiência de vida.
Ouvimos sim.
Pesa?
Um tanto.
Mas já deixamos claro que um outro filho é o que queremos para a nossa família.
Conversamos e damos espaço pra que Isaac tire suas conclusões.
Ele se abre ou se fecha.
E assim vai.
Crescendo.
Cresce ele, crescemos nós, cresce a família.

...

E não. Não estou grávida.

...



8 comentários:

Re disse...

Concordo. Acho que foi-se o tempo que os adultos tomavam as decisoes e so cabia as crianças abaixar a cabeça e dizer amem. Os tempos sao outros, as crianças sao outras, mais espertas, mais ligadas e, deixar que elas participem do processo, mesmo que a ultima palavra seja dos pais, so faz valorizar o sentimento de pertencimento que uma familia deve ter. E Carol, trate de encomendar logo o segundo, hahaha. Melhor, deixa pro ano que vem que dai a gente encomenda juntas. Bjs

Francine Barrionuevo disse...

Concordo contigo. Sinceramente achei um tanto errado as pessoas ficarem falando que são vcs adultos que tem que tomar essa decisão. É obvio que somos nós que decidimos nesse caso, mas assim como eu acho que você só quis comentar sobre como o Isaac expressa a opinião dele. Eles são crianças mas são mais espertos do que muitos adultos.

Mãe Mochileira,Filho Malinha disse...

Já tava aqui pensando: obaaa,lá vem um segundinho..ai vc me corta o barato no fim do post??kkkk..Vc está certissima sobre o post..cada familia sabe o melhor pra si,essa é a minha opniao sobre educação!! Bjaaao e otima quinta! :)

Mari Mari disse...

em casa, nao ter mais filhos nunca foi uma opcao. entao, o que sempre fizemos foi falar "quando seu irmao vier" ao inves de "se voce tiver um irmao". Mesmo quando eu nao estou gravida, eu me refiro aos futuros irmaos como uma realidade, e nao como uma possibilidade, uma hipotese. deve ter funcionado, porque a minha menina andou inventando uma irmã pra ela; o mais velho fala "o meu irmão" pro mais novo, e ela fala que quer "a minha irma".

Celi disse...

Com certeza a opinião do Isaac deve ser considerada, pesa um tanto. Por isso mesmo vocês devem conversar, deixarem claro para ele, prepararem o terreno...rs rs rs
E quanto mais velho, maior será a compreensão, maior será a expressão de opinião. Por isso, em conjunto, tomem a maior e melhor decisão. Que venha o segundinho.... quando? quando? Logo! Logo!
Beijos

Sara Lima Saraceno disse...

Também concordo!! Mesmo não sendo a criança que decide é sempre bom dar espaço para todos os integrantes da família manifestarem suas opiniões. "Democracia" familiar, adoooro!! rsrsrs! No entanto, se vcs já decidiram achei interessante conduzir como a Mari Mari acima falou, melhor não colocar como opção da criança querer ou não...
Boa sorte no processo de convencimento do garotinho!! ;)

Recanto das Mamães Blogueiras disse...

Carol, também acho super importante a criança opniar. Aqui em casa também fazemos isso e como. Mas tem coisas que eles tem que se "conformar", caso os adultos se determinem em fazer, pois eles não tem maturidade pra opinar certas coisas.
O principal é ter essa troca, abrir esse espaço pra eles, pois realmente, todos crescem!
Beijos da Equipe Recanto.

(Mamãe) ~Pinel disse...

Devem ter ótimos livros infantis sobre isso!
Uma outra opção é tentar achar filmes com irmãos! Pode ajudá-lo a mudar de opinião, quem sabe!

Espero que no final dê tudo certo!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails